Euro2020: Portugal entra a vencer e SIC alcança um resultado histórico

O grupo ​​​​​​​IPG Mediabrands, através da agência Initiative, e em parceria com o Dinheiro Vivo, faz a antevisão e divulgação das audiências de todos os jogos do Euro 2020 transmitidos em sinal aberto.

A Seleção Nacional de futebol entrou esta terça-feira a vencer no EURO 2020 com uma vitória por três bolas a zero frente à Hungria, seleção que jogava em casa. Esta vitória, conquistada nos últimos 10 minutos da partida, foi a 1.ª de Portugal em jogos de abertura de fases finais de um EURO desde 2008. O jogo foi visionado, em média, por cerca de 2.3 milhões de portugueses, a que correspondeu um share de 67.8% e os golos de Portugal surgiram depois do minuto 80, altura em que Raphael Guerreiro e Cristiano Ronaldo fizeram vibrar os Portugueses, espalhados por todo o mundo. Até ao momento, esta foi a partida mais vista do torneio.

(Pode ver aqui o ranking de jogos mais vistos)

O jogo também foi transmitido em simultâneo na Sport TV1. Em média, 103 mil portugueses assistiram à partida no canal desportivo por subscrição, que verificou um share de 3%.

Comparando com os jogos de estreia em competições anteriores, infere-se que este jogo foi o menos visto das últimas duas grandes competições. Por ser realizado a um dia de semana e em horário laboral (17h), o jogo registou uma audiência média ligeiramente inferior à partida de estreia no Mundial de 2018. O mais visto foi o empate com a Islândia, a contar para o EURO 2016. Nesse dia, a RTP1 registou uma audiência média durante o jogo de mais de 3.4 milhões de telespectadores.

No dia de ontem destaque também para a outra partida do grupo de Portugal. A França venceu a Alemanha com um autogolo de Hummels e ficou a dividir a liderança do grupo com Portugal. A Sport TV1 emitiu o jogo em exclusivo, registando uma audiência média de 158 mil telespectadores e um share de 3.3%, tornando-se este o jogo mais visto da competição no canal.

SIC alcança resultado histórico em dia de estreia no EURO 2020

A SIC foi a estação transmissora da partida e alcançou neste dia um resultado histórico. Com um share de 31.5%, o canal alcançou o melhor resultado dos últimos anos e é preciso recuar até aos dias do EURO 2016 para um canal FTA registar uma quota de share superior a 30%. Nesse período, foi a RTP1 a subir aos 35.3% no dia da final e aos 33.4% no dia em que a Seleção Nacional derrotou a Polónia nas grandes penalidades.

Minuto a minuto SIC: Hungria x Portugal

O primeiro jogo de Portugal, detentor do título, registou uma tendência crescente ao longo de toda a emissão. No intervalo, houve uma ligeira quebra de audiências, retomada mal o árbitro da partida apitou para o início da 2.ª parte. Até ao final do jogo, as audiências foram crescendo, com o pico máximo a acontecer no momento do terceiro golo da Seleção Nacional, o 2.º para Cristiano Ronaldo, que ultrapassou Platini como o melhor marcador de sempre em fases finais do EURO. Nesse período, mais de 3.1 milhões de portugueses estavam colados ao ecrã, a que correspondeu um share de 73.9%.

Vitória da Equipa das Quinas captou a atenção de várias faixas etárias

O jogo transmitido pela SIC contou com um perfil ligeiramente mais masculino, atingindo as faixas etárias com 45 e mais anos. Em termos de classe social, as classes DE foram as predominantes.

Pode ver aqui todas as análises de audiências sobre o EURO 2020.

Fonte: Elaborado por Initiative/Mediabrands Insight sobre dados CAEM/Gfk reproduzidos em YUMI - Mediamonitor; Alvo Ind. 4+ anos; Indicador de audiência utilizado em todas as análises: Total Dia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de