F1 acelerou para um retorno mediático de mais de 13 milhões

Cerca de 1500 notícias foram produzidas sobre o regresso da F1 a Portugal. A TV foi o meio que gerou o maior retorno financeiro, diz a MediaMonitor.

O regresso da Fórmula 1 a Portugal teve um retorno mediático de 13,1 milhões de euros. Só no fim-de-semana do Grande Prémio no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, foram produzidas cerca de 1500 notícias, segundo o MediaMonitor, da Marktest.

Foram os meios online que geraram o maior volume de notícias (956), mas o maior retorno financeiro foi nas televisões, que apresar de terem gerado 318 notícias e reportagens, geraram um retorno financeiro de 10,9 milhões de euros. Mais de metade do valor total gerado em torno do Grande Prémio.

"A televisão foi também o meio responsável pelo maior volume de GRP"s (48% do total), com um registo acumulado de 538,6%. No domingo, dia em que se realizou a prova propriamente dita, foi quando foi identificado o maior número de notícias, com quase metade do total (703)", destaca a MediaMonitor, da Marktest.

Em termos globais, por volume de notícias produzidas a Internet domina, com 956, tendo gerado um retorno mediático de 1,6 milhões de euros, o segundo maior depois da televisão; seguido da rádio que veiculou 119 peças, com um retorno de apenas pouco mais de 95 mil euros.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de