Final da Supertaça com Porto Vs Tondela é o programa mais visto de julho

Leia aqui o resultado da análise de audiências de TV da agência de meios Universal McCann referente a julho de 2022.

A análise de audiências de TV da agência de meios UM, que integra o grupo Mediabrands, revela que em julho, o consumo televisivo em Portugal registou um ligeiro decréscimo de 0.3% face a junho de 2022.

A SIC conseguiu manter a liderança nas audiências, terminando o mês de julho com uma quota de share de 15.9 % (menos 0.4 p.p vs junho), já a TVI teve uma diminuição de 0.7 p.p de share face a junho, registando um share de 14.2%. A RTP1 registou uma diminuição de share de 1.5 p.p , alcançando 10.1% no mês de julho.

Nos canais Pay TV registou-se um aumento do share, mais 3% vs junho. Os canais de entretenimento mantiveram os shares relativamente ao mês passado, sendo de destacar a Globo e o Hollywood que registaram um aumento de 8% e 10% de audiência, respetivamente. Quanto aos canais de informação, em julho a CMTV mantém a liderança com um share de 5.6 %, ultrapassando a CNN Portugal (share 3.1%, mais 0.1 p.p vs junho) e a SIC Noticias, que aumenta 0.2 p.p vs junho, com o share de 2.3%.

Em julho, o programa mais visto voltou a ser o futebol, nomeadamente o jogo FC Porto vs Tondela, para a Supertaça Cândido Oliveira, no dia 30 de julho, que registou na TVI um share de 30.2%. Ainda assim, neste mês a SIC assegurou os restantes 3 lugares com a última emissão do Casados à Primeira Vista, registando uma audiência média de mais de 1 milhão 900 mil espectadores.

No restante ranking a disputa é feita pela TVI e SIC, sendo de destacar da novela Festa é Festa IV - Verão, com 888 mil portugueses a ver e um share de 21.2%. Pela SIC, de destacar a emissão do programa CANTOR OU IMPOSTOR? - VERDADEIRO OU FALSO?, com 796 mil portugueses a ver, registando um share de 19.4%.

No que toca às audiências por período horário, em julho a SIC conseguiu liderar em quase todos os períodos horários, ficando acima no almoço (12h30 -14h30), nas tardes (14h30 - 18h30), no pré prime (18h30 - 20h) e no late night (24h-26h30), com um share de 23.3%, 14.1%, 15.7% e 11.8%, respetivamente. Este mês, a TVI liderou apenas as manhãs (7h30 - 12h30) e com um share de 13.2%. As madrugadas (2h30 - 7h30) foram lideradas pela CMTV com um share de 6.9%. O prime time foi ganho pela SIC, com um share de 18.5%, mais 1% do que a TVI.

Análise Universal McCann/ Mediabrands Insight sobre dados CAEM/Gfk reproduzidos em YUMI -Telereport; Alvo: Universo; Base: Total TV; Tipologia de audiência: Total Dia. Outros - Visionamento residual de canais não auditados e outras utilizações do televisor (inclui streaming e consolas).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de