Criativos no Mundo

Frederico Saldanha diz adeus a Nova Iorque e olá à Arnold em Boston

Frederico Saldanha
Frederico Saldanha

Português, criativo no mundo, estava desde 2016 ligado à agência digital Huge

Frederico Saldanha é o novo diretor criativo executivo da Arnold Worldwide. O português estava até aqui ligado à agência digital Huge, onde a partir do escritório de Brooklyn em Nova Iorque, liderava o grupo de Detroit, tendo sob a sua responsabilidade a conta da Fiat Chrysler.

“Venho trazer uma visão mais digital para a Arnold”, diz Frederico Saldanha ao Dinheiro Vivo. A partir da agência em Boston vai trabalhar contas como Barclays, PUR (filtro) ou a Kaplan University. “Basicamente vou ter acesso a toda a equipa da Arnold, exceto os diretores criativos executivos, que estão ligados a marcas. Toda a gente pode trabalhar para qualquer cliente”, descreve.

Na Arnold Worldwide Frederico Saldanha junta-se ao brasileiro Ícaro Dória, desde agosto chief creative officer, profissional que passou pelo mercado nacional. Durante a sua passagem pela FCB Lisboa, Ícaro Dória fez parte da equipa criativa da multipremiada campanha Bandeiras, para a revista National Geographic, vencedora de um Leão de Ouro no Cannes Lions.

O português criativo no mundo estava ligado à Huge desde abril de 2016, depois de mais de 10 anos ligado ao mercado brasileiro. Antes de integrar a agência digital em Nova Iorque foi Chief Creative Officer da Isobar Américas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (C), acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina (D), pelo ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Campos Fernandes (E), após o ato público de assinatura dos contratos para a redução tarifária nos transportes públicos na área metropolitana de Lisboa, na Gare do Oriente, em Lisboa, 18 de março de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

Cinco regiões só terão passes mais baratos em maio

fake-1909821_1920

Fake news. Portugal no top 10 da UE com mais contas bloqueadas pela Google

REUTERS/Rafael Marchante

CTT propõe aumentos até 0,4%. CEO recupera 25% do salário

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Frederico Saldanha diz adeus a Nova Iorque e olá à Arnold em Boston