marcas

Diário de Notícias é uma Superbrand

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

O jornal do Global Media Group foi reconhecido em 10 das 14 edições do prémio de marcas de excelência como uma Superbrand

O Diário de Notícias foi reconhecido como Superbrand na 14ª edição deste prémio que, anualmente, distingue as marcas de excelência eleitas pelos consumidores. É a décima vez que a marca do jornal do Global Media Group (o mesmo do Dinheiro Vivo) é escolhida pelos consumidores.

Diário de Notícias é uma das 27 marcas reconhecidas na edição deste ano da Superbrands, cuja cerimónia de entrega decorre esta quarta-feira, no Museu do Oriente, em Lisboa. O surfista de ondas gigantes, Garret McNamara, é um dos oradores convidados. “Vai falar sobre a relação com as marcas, entre a Nazaré e o Turismo de Portugal”, Pedro Diogo Vaz, senior partner da Superbrands.

Três marcas centenárias eleitas

RFM, a RTP, o portal Sapo e a Sport TV são outras marcas de media igualmente eleitas pelos consumidores como uma Superbrand nesta última edição.

Este ano, e pela primeira vez em Portugal, foram ainda eleitas três marcas centenárias. “Em vários mercados tem vindo a ser feita uma distinção às marcas centenárias, refletindo o valor que é atribuído pelos consumidores a tudo o que é vintage e do património”, justifica Pedro Diogo Vaz, senior partner da Superbrands. “Distinguimos três marcas que responderam a critérios de longevidade e relevância”, clarifica. O resultado? A marca de sabonetes Ach. Brito, os CTT e a Livraria Lello, curiosamente duas delas do Norte”, revela Pedro Diogo Vaz.

“Fizemos um levantamento de várias marcas centenárias em Portugal, e concluímos que há mais negócios do que marcas. O que revela que o conceito de marca não está assim tão enraizado em Portugal quanto isso”, comenta o senior partner da Superbrands. Para a escolha foram ponderadas marcas “que tivessem longevidade, consistência e relevância, com capacidade de se reinventar e com um negócio saudável”, adianta.

Quem são as Superbrands?

Na edição deste ano foram eleitas 27 marcas (menos 3 do que no ano passado). Do lote há marcas que têm sido escolhidas sucessivamente nas 14 edições, caso da EDP. Igualmente, entre os favoritos, estão marcas como o Diário de Notícias, os CTT, o Sport Lisboa e Benfica, a Médis, a Remax e a Cartuxa que foram eleitas 10 ou mais vezes pelos consumidores.

Mas há também novas Superbrands. “Temos novas marcas que refletem as novas preocupações dos consumidores. É o caso da Lusíadas Saúde e da Sociedade Ponto Verde”, diz Pedro Diogo Vaz.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

 

Pelo 7º ano consecutivo, a Superbrands elege ainda a marca de solidariedade. Este ano a distinção recai sobre a Cais (ONG de apoio aos sem-abrigo), que se junta à APAV – Associação Portuguesa Apoio à Vitima (2017), AMI – Associação Médicos sem Fronteiras (2016), Liga Portuguesa Contra o Cancro (2015), Operação Nariz Vermelho (2014), Cruz Vermelha Portuguesa (2013) e Banco Alimentar Contra a Fome (2012).

“Todas marcas de solidariedade reconhecidas pelos portugueses. Aqui a grande mensagem é simbólica, de que trabalhar esta dimensão de marca tem reflexos ao nível de conquista de recursos humanos e financeiros, para prosseguirem os seus objetos sociais”, frisa Pedro Diogo Vaz.

Bimby, BPI, Branca de Neve, Cartuxa, Chicco, Cien, CTT, Diário de Notícias, EDP, ERA Imobiliária, Galp, Johnson’s, Lidl, Lusíadas Saúde, Médis, Mercedes, Montepio, Remax, RFM, RTP, Sapo, Sociedade Ponto Verde, Sport Lisboa e Benfica, Sport TV, Sporting Clube de Portugal, Tranquilidade e Vista Alegre são as Superbrands 2018.

A seleção das Superbrands resulta da ponderação da classificação de uma lista de mil marcas por um conselho de especialistas, bem como dos resultados de um estudo junto dos consumidores, onde se pede que identifiquem três marcas do seu top-of-mind que considerem únicas, conhecidas, de confiança, com as quais se identificam e com as quais estão satisfeitos.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

fotografia: Luís Costa Carvalho

Corticeira Amorim investe oito milhões e inaugura nova fábrica nos EUA

António Mexia lidera a EDP desde 2005

António Mexia, CEO da EDP, ganhou 6.000 euros por dia em 2018

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Diário de Notícias é uma Superbrand