Há dois portugueses na Feira do Livro de Bolonha

Feira do Livro Infantil de Bolonha é também um ponto de encontro de ilustradores de todo o mundo.

Carolina Celas e André Letria. São eles os dois ilustradores portugueses selecionados para a exposição de ilustração da Feira do Livro Infantil de Bolonha, o maior evento mundial do livro ilustrado.

Sete livros infantis que vai querer ler com os seus filhos. Leia aqui

Entre 4 e 7 de abril, todos os caminhos vão dar à cidade italiana e ao seu festival que é já uma referência para editores e autores de livros infantis de todo o mundo. A exposição, que este ano conta com os dois portugueses, reúne os trabalhos de mais de sete dezenas de ilustradores de todas as latitudes.

Premiado em Bolonha em 2014

André Letria é autor de vários livros para a infância e fundador da editora Pato Lógico. As lides de Bolonha não lhe são estranhas e já ali ganhou, em 2014, uma menção especial com o seu livro "Mar", escrito por Ricardo Henriques. (Bologna Ragazzi Awards, na categoria Não Ficção)

Dois anos antes, em 2012, também na Feira de Bolonha, fez parte do júri que elegeu o vencedor do Bologna Ragazzi Digital Award, prémio entregue pela primeira vez nesse ano e que distingue um trabalho na categoria Children’s Stories Apps, ou seja, em formato digital.

Carolina Celas

Carolina Celas é portuguesa mas vive e trabalha em Londres. Depois de se licenciar em Design, pela universidade de Aveiro (2008), seguiu para Espanha onde, em 2010, completou uma pós-graduação em ilustração na Eina Barcelona. Passou pela Lowe Activism e pela Media Vaca.

 

Veja aqui lista completa dos ilustradores selecionados

Cerejas portuguesas em Bolonha

Em 2012, Portugal foi o país convidado da feira. Durante o certame Bolonha2012, para além da presença habitual de ilustradores e editoras - é aqui que muitas delas têm o primeiro contacto com ilustradores e livros de países estrangeiros - houve uma exposição dedicada à ilustração portuguesa com o título "Como as cerejas".

Este ano, o país convidado é a Alemanha.

O prémio internacional

Todos os anos, durante a Feira de Bolonha são atribuídos vários prémios e menções honrosas, sendo o mais importante o prémio internacional de ilustração. Em 2014, a vencedora foi a ilustradora portuguesa Catarina Sobral, com o livro "O meu avô".

Para além dos portugueses, a edição da feira deste ano conta com a presença de ilustradores com obra publicada em Portugal como Violeta Lópiz - vencedora do Prémio Ilustrarte 2016, patente no Museu da Eletricidade em Lisboa – Manuel Marsol ou o italiano Marco Somà.

 

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de