Jogo dá a conhecer o marketing a jovens estudantes

O The Marketing Game é uma iniciativa do IPAM, que decorre online. Durante os dois meses e meio do jogo, alunos do ensino secundário e profissional tomam decisões reais de gestão empresarial.

O mundo empresarial não vive sem marketing, mas o facto é que esta ferramenta continua a ser um ilustre desconhecido para os mais jovens. Para colmatar esta lacuna, o IPAM (Instituto Português de Administração de Marketing) realiza, desde há sete anos, o The Marketing Game, dirigido a alunos do ensino secundário e profissional, que este ano se podem candidatar à competição até 10 de fevereiro.

Ao Dinheiro Vivo, Marta Bicho, a diretora do IPAM Lisboa, explicou que a experiência de interação destes estudantes com uma instituição de ensino superior pretende "desmistificar em que consiste o marketing junto deste target".

E, ao mesmo tempo provar-lhes, de forma prática, "o papel inequívoco do marketing no mundo dos negócios, que se afigura uma área cada vez mais determinante para a formação dos líderes do futuro". O mesmo é dizer que o propósito deste jogo é proporcionar aos alunos um instrumento de aplicação real dos conceitos de marketing.

O jogo realiza-se online e durante dois meses e meio - e em equipas de três a cinco pessoas - os alunos têm de resolver situações de gestão empresariais. Ou seja, num ambiente de simulador tomar "decisões reais relacionadas com a dimensão estratégica e com a componente tática, prática e operacional de marketing num setor de negócio", detalha Marta Bicho.

Para que os jovens saibam que caminhos tomar têm acesso a várias simulações, onde as decisões deverão ser decididas em concorrência com as outras equipas participantes, num cenário de simulação de um mercado real.

Estas ações implicam investimento de tempo por parte dos estudantes, e como diz Marta Bicho, "entre a análise de resultados e planeamento das decisões as equipas em média dedicam quatro a seis horas por semana".

No entanto, não o fazem sozinhos, pois podem recorrer a mentores, que para além de serem os responsáveis técnicos da competição, acompanham as equipas nas suas dúvidas. Mas "sempre na perspetiva de não dar as soluções, mas sim de orientar os participantes", reforça Marta Bicho. No final da iniciativa, as três primeiras equipas receberão vouchers da FNAC (de 1500, 750 e 450 euros para a primeira, segunda e terceira classificadas, respetivamente).

Para além dos prémios, a expectativa é que os estudantes consigam "através da simulação da gestão de uma empresa proporcionar a possibilidade de lidarem com o mesmo enquadramento a que está sujeito qualquer profissional de marketing", diz Marta Bicho. E, que consigam trabalhar em equipa e fomentando a capacidade de liderança em ambiente virtual. Para o IPAM, este desafio é uma forma de se dar a conhecer, assim como a oferta formativa, a estes futuros estudantes universitários. Mas acima de tudo, frisa a diretora da instituição, "fortalece o papel do marketing no mundo dos negócios, estabelecendo-se com um player inequívoco no ensino do marketing em Portugal, e reforçando a sua reputação junto de vários stakeholders".

Com as mais de 350 inscrições registadas nos dois últimos anos, Marta Bicho não tem dúvidas de que a edição de 2023 do The Marketing Game, que arranca a 23 de fevereiro, será um sucesso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de