publicidade

Nivea retira campanha depois de acusações de racismo

nivea

Marca já retirou post colocado no Facebook da marca no Médio Oriente.

Na mesma semana que a Pepsi teve que retirar campanha do ar com Kendall Jenner, a Nivea viu-se no olho do furação das redes sociais depois de uma campanha com a frase “O branco é pureza” ter sido acusada de racismo.

Leia mais: Como evitar o que aconteceu à Pepsi com o anúncio com a Kendall Jenner

O anúncio da marca da alemã Beiersdorf para o desodorizante Invisible For Black & White surgiu num post na página do Facebook da marca no Médio Oriente e mostrava uma mulher caucasiana, de costas, vestida de branco e a frase “mantém branco, mantém brilhante. Não deixes que ninguém o estrague, #invisível”.

As reações nas redes sociais não se fizeram esperar, com os utilizadores a considerem que a marca estava a alinhar com movimentos racistas.

A Nivea retirou o anúncio. “Lamentamos profundamente a qualquer pessoa que se possa se ter ofendido com este post especifico”, disse a Nivea em comunicado. “A diversidade e a igualdade de oportunidade são valores cruciais para a Nivea”, disse em comunicado citado pelo New York Times.

A mensagem na página da marca para o mercado do Médio Oriente tinha no entanto uma lógica. O post fazia parte de uma campanha mais alargada do desodorizante da Nivea para esta região que associava a cor negra a força e o branco à pureza. “Não queríamos ferir ninguém ou criar interpretações erradas”, disse um representante da marca, citado pelo NYT.

Não é a primeira vez que a Nivea é acusada de racismo. Em 2011 a marca decidiu retirar a campanha de imprensa para a linha de cuidados masculinos, Revitalizing. A que mostrava um modelo caucasiano tinha a frase: “Sin City não é uma desculpa para parecer mal”, o com o modelo negro?

Nivea_anuncio_2

Os anúncios, parte da campanha Look like you Give a Damn, acabou por ser retirada com a marca a pedir desculpas. “Obrigada por se preocuparem o suficente para nos darem o vosso feedback sobre o recente anúncio Re-civilized Nivea para homem. Este anúncio é inapropriado e ofensivo. Nunca foi nossa intenção ofender ninguém, e por isso lamentamos profundamente. Este anúncio nunca será usado de novo. Diversidade e igualdade de oportunidades são valores crucias para a nossa companhia”, disse na época a companhia, citada pela CNN.

Depois deste novo mau passo a marca vai definir novas regras. “Os atuais processos de desenvolvimento e aprovação vão ser imediatamente revistos de modo a evitar futuras interpretações erróneas”, diz o NYT.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O sismo da Terceira de 1980
(Arquivo DN)

Risco de sismo é real. Seguradores querem fundo prioritário no próximo governo

O sismo da Terceira de 1980
(Arquivo DN)

Risco de sismo é real. Seguradores querem fundo prioritário no próximo governo

João Galamba, Secretário de Estado da Energia 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

João Galamba: “Há diferença entre encontrar rendas excessivas e cortá-las”

Outros conteúdos GMG
Nivea retira campanha depois de acusações de racismo