NOS lidera no soft sponsoring na TV nacional com um retorno de 28,3 milhões

A NOS e a Meo destacam-se de forma clara dos restantes anunciantes que apostaram em marcar presença nos programas de entretenimento e ficção das televisões nacionais.

A NOS é a marca que mais retorno obteve nos dois primeiros meses do ano com a sua presença nos programas de televisão de entretenimento e ficção, tendo obtido um retorno de 28,3 milhões de euros, seguido da Meo com 28,1 milhões. Fred Perry, LG Eletronics e Mercedes Benz fecham Top5 de marcas que mais estão a apostar em soft sponsoring

As duas operadoras de telecomunicações destacam-se de forma clara dos restantes anunciantes que apostaram em marcar presença nos programas de entretenimento e ficção das televisões nacionais, de acordo com os dados da MediaMonitor, do grupo Marktest. As duas empresas obtiveram um retorno de mais de 56 milhões de euros, a preços de tabela (isto é, sem os descontos praticados pelos media), e quase duplicam o montante das oito marcas que completam o Top10 deste ranking no acumulado de janeiro e fevereiro.

Em janeiro a NOS teve um retorno de 12,8 milhões em janeiro e de 15,5 milhões em fevereiro, enquanto a Meo obteve no início do ano um retorno de 12,7 milhões e de 15,4 milhões no mês seguinte.

Com 5,7 milhões de euros de retorno segue-se no Top 10 a marca vestuário Fred Perry, a empresa de produtos eletrónicos LG Eletronics (5,2 milhões), a Mercedes Benz (4,55 milhões), a empresa de instrumentos musicais Egitana (4,5 milhões), a cadeia de retalho alimentar Continente (3,9 milhões), o stand de automóveis Benecar (3,7 milhões) e as marcas de eletrodomésticos Haeger (2,6 milhões) e Orima (2,3 milhões).

Nem todas as marcas presentes no Top10 do acumulado do ano mantiveram os investimentos uniformes nos dois meses. "A Benecar, por exemplo, teve um retorno de 3,3 milhões de euros, a preços de tabela, em janeiro - ocupando nesse mês o quinto lugar do ranking de de soft sponsoring em programas de TV -, e em fevereiro não constou sequer no Top30", refere a Marktest em nota de imprensa.

"Já as marcas automóveis Volvo e Jeep não constaram do Top30 de janeiro, mas em fevereiro ocuparam, respetivamente, o 5º e o 7º lugar do ranking, com retornos de 1,7 milhões de euros e de 1,4 milhões de euros, a preços de tabela".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de