Dinheiro Vivo TV

Nova campanha da Coca-Cola quer dar a mão a quem precisa

A carregar player...

A Coca-Cola arranca 2020 com uma nova campanha europeia que quer promover a empatia e a tolerância.

Chama-se “Purpose”, propósito em português, e quer pedir aos europeus que sejam mais empáticos e tolerantes. A partir desta segunda-feira, a Coca-Cola arranca com uma campanha publicitária em televisão, que será complementada pelas plataformas digitais.

Para Tiago Santos Lima, diretor de relações externas da Coca-Cola Portugal, a campanha reforça o papel da empresa na área da responsabilidade social. “Em mais de 130 anos de história, a Coca-Cola sempre quis passar mensagens de solidariedade”, recordou durante a apresentação da campanha. “Acho que em 2020 sente-se que estamos divididos, há falta de compreensão entre as pessoas.” Para o responsável da empresa de bebidas, esta campanha “pretende ajudar as pessoas a estarem mais próximas” e a tornarem-se pontes de entendimento.

A campanha chegará ao público através de um spot de 130 segundos, que conta com a presença da atriz norte-americana Natasha Lyonne, de séries como Orange Is The New Black ou Russian Doll.

Embora seja uma campanha europeia, haverá iniciativas localizadas para cada mercado. Com o mote “Estás aberto a dar a mão a quem mais precisa?”, no mercado português a campanha vai apoiar a associação sem fins lucrativos Corações Com Coroa. A associação promove várias iniciativas dedicadas ao apoio às mulheres, desde bolsas de estudo até ações de sensibilização nas escolas.

Até dia 29 de fevereiro, as três latas de edição limitada que estarão disponíveis na grande distribuição e canal Horeca vão reverter a favor da Corações Com Coroa. Por cada lata vendida, a Coca-Cola compromete-se a doar um cêntimo à associação. No total, a empresa compromete-se a fazer um donativo de 50 mil euros à Corações Com Coroa, com o intuito de apoiar iniciativas que promovam a integração e igualdade de género.

Ana Magalhães, da Corações Com Coroa, destacou que este donativo, que será entregue em março, representa “o apoio a uma mulher, a uma família”. Para a responsável da associação sem fins lucrativos, permitirá dar “o contributo para diariamente calçar os sapatos dos outros”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lisboa casas turismo salarios portugal

Turismo em crise já pensa no day after

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Governo estima que mais de um terço dos empregados fique em lay-off

Mário Centeno, Ministro das Finanças.
Fotografia: Francois Lenoir/Reuters

Folga rara. Custo médio do petróleo está 10% abaixo do previsto no Orçamento

Nova campanha da Coca-Cola quer dar a mão a quem precisa