O Dott quer colocar o Cu de Judas no mapa. E precisa da sua ajuda

O marketplace está a pedir aos portugueses que assinem uma petição para colocar Cu de Judas, nos Açores, no mapa. Até às 15h23 de 4 de maio já tinha 729 assinaturas.

Não é apenas uma força de expressão. Existe, apesar de não estar propriamente mesmo ao lado, na ilha de São Miguel, nos Açores. E o Dott quer colocar a localidade no mapa. Para isso precisa da sua ajuda para que Cu de Judas apareça no Google Maps ou na Waze.

"Somos de portugueses para portugueses por isso queremos estar onde haja portugueses a querer fazer uma encomenda, seja em Lisboa, Faro, Freixo de Espada à Cinta ou no Cu de Judas. O e-commerce tem a capacidade de conseguir dar mais fácil acesso a bens e serviços, mesmo a quem vive em zonas mais remotas do país e nós tudo faremos para que isso seja possível. Foi por isso que não hesitamos em fazer esta campanha, que, com sentido de humor, passa bem esta mensagem. No final, queremos fazer a primeira entrega Dott no Cu de Judas, voltar a colocar esta localidade no mapa e dar-lhe um código postal. Temos a certeza que vamos conseguir as assinaturas necessárias com a ajuda de todos os portugueses!", diz Gaspar D"Orey, CEO do marketplace Dott, ao Dinheiro Vivo.

Lançado em maio de 2019, com mais de 400 lojas e cerca de 200 mil referências, hoje o marketplace tem mais de 30 hipermercados de produtos em dott.pt, com mais de 3 milhões de produtos e mais de 1500 lojas, com distribuição em todo o país.

Colocar Cu de Judas no mapa foi a forma criativa da Nossa para comunicar as entregas em todo o país do marketplace, que resulta de uma joint-venture da Sonae e dos CTT.

"O Cu de Judas faz parte da cultura e do folclore português. É um lugar que sempre viveu no nosso imaginário e que quando descobrimos que realmente existia e aparecia em mapas antigos, não conseguimos resistir a tentar trazer de volta", comenta André Alves Afonso, supervisor criativo e copywriter sénior da Nossa.

"O nosso objetivo é que o Cu de Judas fique marcado para sempre em todos os mapas digitais, que se transforme num ponto turístico, um sítio real e oficial, que crie inveja entre os amigos que lá estiveram e os que ainda não", diz ainda.

"Porque o Cu de Judas é importante para todos os portugueses, mas é ainda mais importante para uma marca como o Dott. Há melhor forma de comunicar um marketplace 100% português que entrega em todo o país, do que fazer a primeira entrega no sítio mais longínquo e remoto da cultura popular?", questiona o criativo.

Para isso, o marketplace está a pedir aos portugueses que assinem uma petição para colocar a localidade no mapa. Até às 15h23 de 4 de maio já tinha 729 assinaturas.

A campanha tem direção criativa de Nuno Cardoso, copy de André Alves Afonso, direção de arte de João Noronha e Sávio Hatherly, webdesign de Cristiana Sousa, produção da Boa Onda Produções, edição de Roman Keynucivh e Sonorização da Guel Audiovisual.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de