publicidade

Português é novo CEO da FCB International

Luís Silva Dias
Luís Silva Dias

Luís Silva Dias era desde 2014 o chief creative officer da FCB Internacional. Manda em mais de 50 mercados e 2 mil colaboradores

Luís Silva Dias é o novo CEO da FCB Internacional, substituindo no cargo Sébastian Desclée, que transita para a FuelContent, o braço de produção da FCB Global. O criativo português era desde 2014 chief creative officer da FCB Internacional. Vai mandar em 56 mercados e tem sob a sua responsabilidade mais de 2 mil colaboradores.

“Ter na liderança de topo um dos nossos criativos a liderar a nossa operação internacional é testemunho do nosso foco em colocar a criatividade no centro de tudo o que fazemos como rede”, disse Carter Murray, CEO da FCB Worldwide, citado em nota de imprensa. “[Silva Dias] é sido um campeão em impulsionar o nosso trabalho para novos patamares e sabemos que ele vai continuar a levar-nos mais longe neste novo papel”.

“Esta é, acima de tudo, uma oportunidade de influenciar a partir da criatividade e da inovação. Independentemente da evolução do mercado, não nos podemos esquecer de que somos uma indústria especializada, de valor agregado. Não somos um serviço comoditizado – somos o que fazemos, criamos um produto que aumenta o negócios e o valor dos nossos clientes – e, portanto, é isso que determina o nosso negócio. Esse será o meu foco e o desafio que irei partilhar com nosso incrível talento de todo o mundo”, disse Luís Silva Dias.

Luís Silva Dias juntou-se ao grupo FCB em 2000, tendo sido nomeado diretor criativo executivo da FCB Portugal em 2002, mais tarde, em 2005, assumiu a presidência e o cargo de CEO da operação em Portugal, tendo posteriormente transitado para funções internacionais dentro do grupo, primeiro como diretor criativo europeu (2013) e, mais tarde, como chief creative officer (2014), tendo lado lugar à frente da operação da agência em Portugal a Edson Athayde, que assumiu como CEO e CCO. O criativo brasileiro, juntamente com Vera Barros, fez, recentemente, um MBO à agência em Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Teste - Redação DV

Liberdade e sustentabilidade dos media, com ou sem apoio do governo?

Regime dos residentes não habituais garante isenção de IRS a quem recebe pensões do estrangeiro.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Primeiros 18 residentes não habituais prestes a perder benefício

Miguel Albuquerque, do PSD Madeira.

Projeção. PSD perde maioria absoluta na Madeira

Outros conteúdos GMG
Português é novo CEO da FCB International