Marketing

Diretor de marketing da Federação de Futebol ganha Leaders Sports Awards

Nuno Moura
Nuno Moura

O atual diretor de marketing da Federação Portuguesa de Futebol já tinha ganho este prémio em 2016 com o trabalho desenvolvido para a Nike

Nuno Moura venceu o Leaders Sports Awards 2019. O diretor de Marketing da Federação Portuguesa de Futebol foi o único português premiado na gala, que decorreu no Museu de História Natural de Londres, que reconhece os 30 maiores líderes da indústria do desporto mundial.

É a segunda vez que o português vence este prémio, em 2016 pelo trabalho desenvolvido para a Nike. “Esta nomeação não é apenas focada em conquistas individuais mas premeia o esforço coletivo de um grupo de trabalho extremamente talentoso, que demonstra inesgotável paixão e dedicação no serviço à família do futebol português dia após dia”, disse Nuno Moura, citado em nota de imprensa. “Que este seja mais um ponto de ignição para o reconhecimento externo do talento nacional que existe na área da gestão do desporto. E que de resto, acontece já com os nossos atletas, treinadores e agentes desportivos. Talento não escasseia, temos valorosos profissionais e empreendedores portugueses que podem ajudar na inovação de processos e dinamização do desporto enquanto negócio à escala global.”

Gala_Museu_História_Natural

Jill Ellis, selecionadora bicampeã do mundo com a equipa feminina dos Estados Unidos, e que se retira agora do cargo, foi galardoada com o prémio Carreira. O prémio Inovação foi entregue aos San Francisco 49ers e à SAP; A parceria da Unilever com a equipa de F1 da Williams ganhou na categoria de Patrocínios; O Grande Prémio de F1 do México venceu na categoria de melhor Evento; Os Los Angeles Clippers distinguidos com a melhor Experiência Media; Os Toronto Raptors e a Google arrecadaram o troféu para melhor Conteúdo; A organização Common Goal foi distinguida ainda com o melhor projeto para a área da Responsabilidade Social.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

NUNO VEIGA / LUSA

Governo apresentou queixa contra 21 pedreiras em incumprimento

Outros conteúdos GMG
Diretor de marketing da Federação de Futebol ganha Leaders Sports Awards