Patrocínio

Seleção Nacional de Futebol com ‘energia’ Galp até 2024

Leva Portugal a Peito, campanha da Galp para o Mundial na Rússia
Leva Portugal a Peito, campanha da Galp para o Mundial na Rússia

Galp assinala este ano 20 anos como patrocinador da Seleção Nacional de Futebol

A Galp fechou um novo acordo de patrocínio com a Seleção Nacional de Futebol até 2024, confirmou fonte oficial da companhia ao Dinheiro Vivo. O anterior acordo que ligava a empresa de energia à equipa das Quinas tinha terminado no Mundial da Rússia.

“Foi fechado um acordo de patrocínio com a Seleção, um apoio que se prolonga há precisamente vinte anos”, o contrato “abrange um período mais alargado até junho de 2024”, refere fonte oficial da empresa.

A companhia vinha a negociar a renovação do contrato de patrocínio, com o objetivo de o mesmo ser fechado antes dos jogos da Liga das Nações, que vão decorrer em junho. Chega o ano em que a Galp assinala 20 anos como patrocinador da Seleção Nacional. “A marca Galp celebrou no ano passado os seus 40 anos de existência e a parceria com a Seleção Nacional foi determinante para a consolidação da identidade da marca ao longo dos últimos vinte anos, ou seja, acompanhou toda a “idade adulta” da marca”, comenta fonte oficial sobre os objetivos desta renovação.

“A sintonia entre os valores da Galp e os valores da Seleção Nacional é a principal âncora desta parceria, onde o espírito de conquista e de equipa se cruzam com empenho, mérito e superação. E a verdade é que muitos dos momentos mais marcantes da comunicação da Galp estão associados a esta parceria, como são os exemplos da campanha dos “Menos Ais,” das icónicas vuvuzelas e de inúmeros momentos inesquecíveis de humor ou de emoção bem característicos das grandes celebrações”, diz ainda.

“É uma parceria bem sucedida a todos os níveis para as várias partes: para a Galp, naturalmente, pela visibilidade e poder mobilizador associado à Seleção Nacional; para a própria Seleção, pelas condições para o desenvolvimento de um projeto estruturado de longo prazo com resultados visíveis no plano desportivo; e para todos os adeptos, pela mobilização e participação ativa em família na festa do futebol”, argumenta.

A companhia não revela as atividades de comunicação previstas para assinalar o 20º ano de ligação da marca à Seleção. “O fator surpresa é um elemento fundamental para o impacto deste género de iniciativas, pelo que vamos manter por ora o “suspense”!…”, diz apenas fonte oficial.

“Como sempre tem acontecido com todas as campanhas da Galp, teremos em consideração as principais preocupações da atualidade. Em concreto daremos eco à promoção de comportamentos mais eficientes na utilização da energia, sobretudo no que se refere à mobilidade. E não nos limitaremos à comunicação. Vamos igualmente disponibilizar soluções suportadas na inovação e na tecnologia que permita a todos iniciar este processo de mudança, de forma simples, intuitiva e responsável”, diz a mesma fonte sobre as ativações que deverão ser desenvolvidas para dar visibilidade a este patrocínio.

A Galp garantiu assim a sua manutenção no lote de patrocinadores da Seleção, onde se encontram marcas como a Sagres, Altice, BPI ou a Nike.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
16. Empregados de mesa

Oferta de emprego em alta no verão segura aumento de salários

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo aprova compra do SIRESP. Governo fica com “acrescidas responsabilidades”

draghi bce bancos juros taxas

BCE volta a Sintra para o último Fórum com Draghi na liderança

Outros conteúdos GMG
Seleção Nacional de Futebol com ‘energia’ Galp até 2024