Criativos no Mundo

Suíssas e umTiago. Uma bandeira de todo mundo para ficar em casa

Home Flags, Tiago Silva e Hugo Suissas
Home Flags, Tiago Silva e Hugo Suissas

Fique em Casa. É a forma de combater o Covid-19. Para que a mensagem fique clara os Criativos no Mundo Hugo Suíssas e Tiago Silva fizeram um desenho.

Estão longe de sua casa há cerca de dois anos. De Düsseldorf na Alemanha acompanham a pandemia do Covid-19 a espalhar-se pelo mundo, sendo neste momento a única ‘arma’ eficaz o isolamento social. A dupla de Criativos no Mundo Hugo Suíssas e Tiago Silva, ela própria em isolamento social à distância de uma videochamada, resolveu dar uma ajuda a passar a mensagem repetida pelo mundo: Fique em Casa. E para isso fizeram um desenho.

Tiago Silva, aka UmTiago no Instagram (plataforma onde tem 78 mil seguidores), conta como surgiu a ideia de transformar as bandeiras dos países em casas. “Ao ver que infelizmente muitas pessoas ainda não perceberam a gravidade da situação e continuam a fazer a sua vida normal na rua como se nada se passasse, decidimos explicar-lhes da forma mais simples: fazendo um desenho”, diz o copywriter na Proximity BBDO Düsseldorf.

O resultado é Home Flags (Bandeiras Casa). “Por não se tratar apenas de um problema de apenas uma cidade, país, mas sim de toda a população mundial, achamos que era necessário englobar visualmente os quatro cantos do planeta na ideia. Essa opção levou-nos numa longa viagem que nos tirou algumas noites de sono. Nunca pensámos que construir telhados fosse tão difícil, mas valeu a pena”, Hugo Suíssas, diretor de arte da dupla, simplesmente Suíssas no Instagram, plataforma onde tem mais de 64 mil seguidores.

 

Tiago Silva e Hugo Suíssas, a fotografia também respeita as regras de distanciamento social

Tiago Silva e Hugo Suíssas, a fotografia também respeita as regras de distanciamento social

 

Uma mensagem de dois portugueses há um ano e meio residentes na Alemanha. “Acabamos por sofrer um pouco a dobrar por vermos as notícias de Portugal, daqui da Alemanha e por estarmos longe da maioria dos nossos amigos e familiares, mas também temos uma dupla esperança que brevemente vamos todos em conjunto ultrapassar esta situação e voltar a abraçar ainda com mais força”, diz Hugo Suíssas.

A situação de pandemia levou-os, à semelhança de outras empresas, a trabalhar a partir de casa. Teletrabalho é a nova realidade. Estará a impactar a criatividade?

“A nossa área, mais do que qualquer outra vive de ideias, por isso, temos de ser os primeiros a ser criativos e adaptar-nos a esta realidade, tal como os nossos clientes. Isso implica mudar os métodos de apresentação, de brainstorming e produção sem nunca perder o foco e a relevância”, diz Tiago Silva. “É essencial as marcas continuarem a comunicar, mas agora, mais do que nunca, em vez de apenas falarem, agirem”, defende.

Para os criativos, que se movimentaram em dupla do mercado criativo português para o alemão, a atual fase é o novo normal, tendo a tecnologia como ponte de ligação. O trabalho para marcas como a Porsche, a Bayer, a Tradus, a Sushi Daily ou a Rizla é feito “em chamada de voz das 9h às 21h. Paramos para almoçar e jantar”, conta o copywriter.

“A nossa maior motivação é sentirmo-nos abençoados e privilegiados por, no meio de tudo isto, poder continuar a trabalhar a partir de casa sabendo que, no meio de tudo isto, há tanta gente que perdeu os seus empregos ou se encontra parada sem expectativa futura. A nossa preocupação e pensamento está com todos eles”, diz Tiago Silva que tem uma palavra para os freelancers, os mais afetados por esta fase de contenção das marcas.

“Para quem ainda não sabe e possa estar interessado, quer seja criativo ou cliente, o Clube de Criativos de Portugal abriu um diretório gratuito para todos os freelancers mostrarem o seu trabalho”, destaca.

Além do seu trabalho publicitário, Tiago Silva e Hugo Suíssas mantêm contas no Instagram para onde têm desenvolvido trabalhos para as marcas nesta plataforma criativa.

Na era Covid-19 as marcas têm feito desafios? “Até agora ainda não recebemos convites de marcas. Só pedidos para entrar em lives dos quais recusámos por acharmos que o Bruno Nogueira já cobriu todo esse território com maravilhosos serões em direto de segunda a sexta das 23h à 1h na sua conta de Instagram”, diz Hugo Suíssas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
António Costa e Silva, responsável pelo plano para a economia nacional nos próximos dez anos.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Plano de Costa Silva. As bases estão lá, falta garantir boa execução

Filipe Santos, dean da Católica Lisbon Business and Economics ( Pedro Rocha / Global Imagens )

Filipe Santos: Risco de austeridade? “Depende de como evoluir a economia”

Filipe Santos, dean da Católica Lisbon Business and Economics ( Pedro Rocha / Global Imagens )Filipe Santos
( Pedro Rocha / Global Imagens )

Filipe Santos: Há um conjunto de empreendedores que vai continuar

Suíssas e umTiago. Uma bandeira de todo mundo para ficar em casa