Tem uma ideia de negócio? A Glintt tem uma nova incubadora para si

A Glintt

vai voltar a lançar a incubadora Gbip, que pretende apoiar os promotores de ideias

inovadoras de negócio de base tecnológica. À semelhança da edição do ano passado, a empresa portuguesa pede ideias nas áreas Meios de pagamento, Saúde, Energia e Mar, mas desta vez exclui Mobilidade.

Os participantes devem apresentar projetos de desenvolvimento de produtos e serviços de base

tecnológica, com vantagens competitivas, orientadas para as

necessidades do mercado, inovadoras e originais.

Os projetos vencedores serão incubados nas instalações da Glintt, na Quinta da Beloura, com acesso a todos os materiais e equipamentos necessários, a uma equipa de engenheiros e consultores com competências

técnicas, operacionais e de gestão. Esta incubação tem o valor de vinte mil euros e todas as equipas terão mentores para a componente técnica do projeto,

preparação do plano de negócios, mitigação de riscos e colocação

dos produtos nos mercados.

A ideia da Glintt é "fomentar e apoiar" o empreendedorismo e visa "atrair, identificar, avaliar e premiar

todas as ideias inovadoras de negócio de base tecnológica que se

enquadrem na nossa estratégia de desenvolvimento de negócio", refere Luís Gameiro da Silva, administrador

da Glintt.

A empresa dispõe de uma rede comercial forte na Europa,

América Latina e África e pode pô-la à disposição dos

empreendedores, "tornando assim mais célere e mais barato o custo,

geralmente muito elevado, da internacionalização".

O prazo para a apresentação de

candidaturas termina a 26 de abril e a divulgação dos

vencedores acontecerá em junho, em cerimónia pública.

Saiba tudo sobre a incubadora aqui

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de