Livro

Tem um blog? 5 dicas para o rentabilizar

Carolina Afonso e Sandra Alvarez, autoras de Ser Blogger

Fotografia: D.R/Paulo Storch
Carolina Afonso e Sandra Alvarez, autoras de Ser Blogger Fotografia: D.R/Paulo Storch

Carolina Afonso e Sandra Alvarez, autoras do livro Ser Blogger, deixam pistas sobre como transformar o seu blog numa fonte de receita.

Se tem um blog porque não o rentabilizar? A dúvida poderá ser é como transformação esse momento de prazer e liberdade criativa numa fonte de receita.

Carolina Afonso, coordenadora executiva da Pós-Graduação em Marketing Digital do ISEG e profissional de marketing, e Sandra Alvarez, diretora-geral da agência de meios PHD, do Omnicom Media Group, juntaram o seu conhecimento sobre estes temas no livro Ser Blogger, uma edição da Marcador, já nas bancas.

As autoras deixam aqui algumas das pistas desenvolvidas no livro Ser Blogger que podem ajudar a tirar partido do seu blog e monetizá-lo.

Fica aqui os conselhos de Carolina Afonso e Sandra Alvarez.

“5 “dicas” para rentabilizar um Blog

Livro_blogTodos concordamos que a rentabilização de um blog não deve ser um fim em si, mas sim o resultado de um bom trabalho do blogger, desde a relevância dos conteúdos que partilha, à criação de uma audiência significativa e envolvida que leve as marcas e as agências a considerarem o blog um local adequado para passar as suas mensagens.

Não é novidade que os influenciadores digitais, onde os bloggers obviamente se incluem, são hoje responsáveis por uma parte da tomada de decisão de compra dos consumidores. A opinião dos bloggers serve de guia para a escolha.

Quando pensamos em rentabilizar um blog temos que pensar que há formas diretas de o fazer e formas indiretas, as diretas são ferramentas que geram diretamente monetização (afiliação, patrocínios, posts patrocinados, etc) as indiretas são todas as formas de construção da imagem do blog, que criam credibilidade e o tornam apetecível para as marcas.

Consideramos importante para rentabilizar um blog:

1 – Criar uma audiência qualificada, que tenha envolvimento com o blog, que manifeste interesse pelo conteúdo, comentando, adicionando valor a cada partilha. Uma audiência frequente. Para isso acontecer os conteúdos terão que ser relevantes para estas pessoas e terão que incentivar a colaboração.

2 – Conhecer os leitores (audiência), não só para adequar os conteúdos, como também para conseguir mostrar o perfil da audiência do blog, às marcas que queiram investir em publicidade no blog.

3 – Comunicar de forma recorrente o blog, estendendo o seu alcance. Por um lado às redes sociais que façam sentido, por outro “fazer sair” o blog para o mundo real, com entrevistas em TV, artigos na Imprensa, programas na Rádio, etc.

4 – Utilizar ferramentas óbvias de monetização, como publicidade digital no blog, diretamente com as marcas, ou através de redes de afiliados, patrocínios do blog, patrocínios de rubricas, posts patrocinados, criação de workshops, realização de mercados itinerantes relacionados com o tema do blog, licenciamento de produtos com a marca do blog, etc.

5 – Analisar os dados que o “analytics” do blog e das redes sociais oferecem, tirar insights e otimizar o que for necessário, de acordo com os objetivos definidos para o blog.”

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Donald_Trump_(28760020353)

100 dias de Trump. Afinal, o que mudou?

António Costa. Fotografia: ESTELA SILVA/LUSA

OCDE alerta para IDE que pouco ou nada produz

Rogério Carapuça, presidente da APDC

Fotografia: Reinaldo Rodrigues/GI

Rogério Carapuça: “A competitividade das empresas não depende da Web Summit”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Tem um blog? 5 dicas para o rentabilizar