Vasco Barbosa criou o simulador usado no vídeo publicitário da MEO 5G

Simulador transmite a sensação de velocidade do piloto de mota Miguel Oliveira para o futebolista Cristiano Ronaldo através da rede 5G. "Normalmente são feitas 10 ou 15 tentativas", mas para este veículo foram apenas precisas três, sendo uma "grande vitória", diz o chefe de tecnologia da Transistor.

Vasco Barbosa, fundador e chefe de tecnologia da consultora Transistor, é um dos trabalhadores que deu vida ao simulador presente no vídeo da MEO 5G, que transmite as sensações que o piloto de mota Miguel Oliveira tem ao conduzir o veículo. São duas as personagens principais: o piloto Miguel Oliveira e o futebolista Cristiano Ronaldo. O futebolista português está no simulador e, através da rede 5G, obtém a mesma velocidade e sensações do piloto.

"A Transistor participou de forma a tornar o vídeo uma realidade física e a agência de publicidade Partners foi quem impulsionou a ideia e a parte criativa", aponta Vasco Barbosa, em entrevista ao Dinheiro Vivo (DV).

O responsável tecnológico contou que a empresa comprou "uma mota idêntica ao veículo de Miguel Oliveira, que tinha também de fazer os vários ângulos do piloto, são 50 e poucos graus". "É difícil manter a estabilidade", frisou.

Vasco Barbosa detalhou as etapas iniciais do processo de construção do simulador: "Fizemos uma ação em que gravámos uma volta ou duas de Miguel Oliveira, observámos o piloto em Portimão, [no Algarve] e, através dos dados captados, fizemos uma simulação desse percurso".

Foram necessárias três tentativas até o simulador ficar pronto feitas até à máquina final, uma vez que a equipa de engenharia que arrancou com o projeto e o desenvolveu de raiz não conseguiu que a máquina pegasse à primeira. "Nunca funciona à primeira. Isto é tecnologia experimental", explica o responsável. "Normalmente são feitas 10 ou 15 tentativas noutras criações. [Ter conseguido que a] tecnologia [funcionasse na terceira tentativa] foi uma grande vitória", acrescenta.

O simulador levou mais de um mês a ser criado. O custo deste produto não foi divulgado.

A Transistor é composta por equipa de makers (fazedores, em tradução livre). Foi criada em 2021 com o intuito de "tirar ideais das cabeças dos criativos", remata Vasco Barbosa.

A empresa tem escritórios em Portugal, mas também em Berlim, na Alemanha, e tem projetos nos Estados Unidos da América.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de