Marketing

Worten com diretor de marca e comunicação

António Fuzeta da Ponte
António Fuzeta da Ponte

Função é nova na direção de marketing da cadeia de eletrónica de consumo do grupo Sonae

A Worten já tem um diretor de marca e comunicação. António Fuzeta da Ponte, ex-Vodafone e ex-Kiss, foi o profissional escolhido pela cadeia do grupo Sonae para o novo cargo criado na direção de marketing. Fuzeta da Ponte reporta diretamente a Inês Drummond Borges, diretora de marketing.

“A função de Diretor de Marca e Comunicação é nova na Direção de Marketing da Worten, a qual continuará a ser liderada por Inês Drummond Borges, que reforça, assim, a sua equipa, integrando um elemento sénior, com uma experiência vasta e sólida na área, ajudando a Worten a responder de forma eficiente, inovadora e distintiva aos desafios futuros”, justifica a empresa em nota enviada às redações.

A entrada de António Fuzeta da Ponte na Worten implicou a sua saída do capital social da Kiss, agência de publicidade da qual foi sócio fundador em 2015 e na qual era igualmente diretor de serviço a cliente.

“A Kiss, para mim, foi um enorme projeto, ganhámos clientes, ganhámos prémios. Ainda assim, a Kiss sempre foi mais do que o António; por isso, a Kiss continua, com o Pedro Batalha e o Paulo Afonso (sócios atuais) a responder muito bem pelo futuro”, diz António Fuzeta da Ponte, em declarações ao Dinheiro Vivo.

António Fuzeta da Ponte, 45 anos, começou o seu percurso profissional na assessoria de imprensa, na Edelman PR, nos Estados Unidos da América. Ingressou, em 2000, na Vodafone Portugal, onde permaneceu até 2005; até 2015 integrou a Ativism, onde foi Diretor de Serviço a Clientes e Diretor da área de Publicidade.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
luzes, lâmpadas, iluminação

Perguntas e Respostas: IVA desce na eletricidade e gás natural

24/04/2019 - Decorre esta tarde a Assembleia Geral da EDP na Sede da EDP na Av 24 de Julho
Shengliang Wu e Luís Amado
(Diana Quintela / Global Imagens)

OPA chinesa à EDP está morta. Acionistas ditam extinção da operação

A Provedora da Justiça, Maria Lúcia Amaral (Gerardo Santos / Global Imagens)

Atrasos nas pensões: PSD quer ouvir Provedora de Justiça com urgência

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Worten com diretor de marca e comunicação