OPA da família Queiroz Pereira à Semapa arranca a 12,17 euros por ação

A OPA da Sodim (da família Queiroz Pereira) sobre a Semapa arranca já esta terça-feira com uma contrapartida de 12,17 euros por ação em cima da mesa.

A holding da família Queiroz Pereira, Sodim, já formalizou a oferta pública de aquisição (OPA) sobre a Semapa, que chega ao mercado já esta terça-feira. A Sodim quer comprar cerca de 30% do capital (22,8 milhões de títulos) na empresa e oferece 12,17 euros por ação, acima do valor inicial de 11,40 euros.

O prospeto publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) indica:"O período da oferta ocorrerá durante quatro semanas, entre as 8h30 do dia 27 de abril e as 15h00 do dia 25 de maio de 2021, podendo as respetivas ordens de aceitação ser recebidas até ao termo deste prazo".

Já com 71,9% do capital da Semapa, a Sodim poderá investir um valor em torno dos 275 milhões na transação, com o financiamento de 250 milhões de euros a estar assegurado com empréstimo do BCP e da Caixa Geral de Depósitos e com 27 milhões em depósitos nos dois bancos.

A Semapa, que controla a Navigator e detém a cimenteira Secil, já reagiu através do seu conselho de administração indicando que a operação é "oportuna" e o preço adequado.

A Sodim explica ainda no prospeto a utilização prevista para os dividendos: "É expectável que a distribuição de dividendos ocorra no prazo de dez dias após a data da realização da assembleia geral de acionistas", ainda antes "do encerramento do período da oferta", o que poderá reduzir o valor direto a pagar por ação para 11,66 euros.

Certo é que os dividendos devem ser aprovados já a 30 de abril, data da assembleia geral da Semapa - em cima da mesa está o divendo de 51,2 cêntimos por ação, com a família Queiroz Pereira a ter direito a cerca 30 milhões de euros, algo que irá ajudar a financiar a OPA.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de