A história do Mercedes-Benz 770K de Hitler que foi parar a Manhattan

transferir-d2f19fa041196fbf8058a5a0395e52ed4b0eace6

O cais de embarque número 97, do lado oeste de Manhattan, encheu-se de jornalistas e curiosos, naquela segunda-feira, dia 28 de Junho de 1948, para ver chegar o M. S. Stockholm. Com uma capacidade de 385 passageiros e 160 metros de comprimento, este não era o maior barco da época, pois era ultrapassado pelos Nieuw Amsterdam e Queen Mary, mas o que aquela gente toda estava à espera, não era do barco em si, mas sim de uma carga específica que transportava. Essa carga era um Mercedes-Benz 770K Model W150 Offener Tourenwagen de 1941, com seis metros de comprimento e […]

Ler mais em www.motor24.pt

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D), e o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita (E). Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salário mínimo de 635 euros? Dos 617 dos patrões aos 690 euros da CGTP

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

Outros conteúdos GMG
A história do Mercedes-Benz 770K de Hitler que foi parar a Manhattan