A história do Mercedes-Benz 770K de Hitler que foi parar a Manhattan

transferir-d2f19fa041196fbf8058a5a0395e52ed4b0eace6

O cais de embarque número 97, do lado oeste de Manhattan, encheu-se de jornalistas e curiosos, naquela segunda-feira, dia 28 de Junho de 1948, para ver chegar o M. S. Stockholm. Com uma capacidade de 385 passageiros e 160 metros de comprimento, este não era o maior barco da época, pois era ultrapassado pelos Nieuw Amsterdam e Queen Mary, mas o que aquela gente toda estava à espera, não era do barco em si, mas sim de uma carga específica que transportava. Essa carga era um Mercedes-Benz 770K Model W150 Offener Tourenwagen de 1941, com seis metros de comprimento e […]

Ler mais em www.motor24.pt

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP

Exportações e turismo afundam 9,6% e geram recessão de 2,3% no 1º trimestre

Cartões de crédito e débito. Fotografia: Global Imagens

Malparado: 10% das famílias com crédito está em incumprimento

Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Um quarto das empresas de alojamento e restauração está em incumprimento

A história do Mercedes-Benz 770K de Hitler que foi parar a Manhattan