Centros de inspeção automóvel e concessionários abertos durante o confinamento

Oficinas de reparação automóvel podem continuar a trabalhar e o mesmo acontece com as empresas de rent-a-car e centros de inspeção automóvel.

Setor bastante afetado pela pandemia da Covid-19, o mercado automóvel poderá manter alguma da sua normalidade. Os concessionários de venda de automóveis novos ou usados vão manter-se de portas abertas durante o confinamento, integrando um conjunto 52 tipos de estabelecimentos que não estão obrigados a encerrar no novo Estado de Emergência, em vigor entre as 00h desta sexta-feira, dia 15 de janeiro, e as 23h59 de dia 30 de janeiro, e durante o qual os portugueses têm o dever de recolhimento obrigatório.

No documento oficial que lista todas as situações excecionais estão referenciados os "Estabelecimentos de comércio, manutenção e reparação de velocípedes, veículos automóveis e motociclos, tratores e máquinas agrícolas e industriais, navios e embarcações, bem como venda de peças e acessórios e serviços de reboque".

Significa que, tal como tinha acontecido no primeiro confinamento geral, em março do ano passado, oficinas de reparação automóvel podem continuar a trabalhar, obrigados a cumprir protocolos específicos recomendados pelas autoridades de saúde. E o mesmo acontece com as empresas de rent-a-car e centros de inspeção automóvel.

Escolas de condução, que viram as aulas teóricas e práticas suspensas na primeira vaga da pandemia, também podem nesta fase manter a atividade.

Para saber mais clique aqui: www.motor24.pt

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de