E o prémio nobel da química vai para… as baterias de lítio!

premio_nobel_quimica_2019-21558f70bb04d525810252f54d24af3eba3a43cd

John B. Goodenough, M. Stanley Whittingham e Akira Yoshino premiados pelo contributo na criação de um «mundo recarregável» O Prémio Nobel da Química foi esta quarta-feira atribuído ao trio de investigadores que, segundo a Real Academia das Ciências sueca, foram decisivos para o desenvolvimento de baterias de iões de lítio. John B. Goodenough, M. Stanley Whittingham e Akira Yoshino foram distinguidos por permitir a criação dos «alicerces de uma sociedade sem fios e livre de combustíveis fósseis», refere a Academia. «As baterias de iões de lítio revolucionaram as nossas vidas e são usadas em tudo, desde telemóveis a computadores portáteis […]

Ler mais em www.motor24.pt

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão (D), durante o debate e votação da proposta do orçamento suplementar para 2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Bruxelas agrava projeção de contração em Portugal para 9,8%

Fotografia: Orlando Almeida/ Global Imagens.

SATA pede auxílio ao Estado no valor de 163 milhões de euros

Comissão Europeia, Bruxelas (REUTERS)

Bruxelas revê estimativas. Economia da zona euro deverá recuar 8,7% em 2020

E o prémio nobel da química vai para… as baterias de lítio!