O próximo Segway é uma moto a hidrogénio

Depois da Apex de ligar à tomada, a Segway apresenta a Apex H2, uma moto elétrica com a tecnologia de pilha de combustível a hidrogénio.

Famosa pelos revolucionários veículos individuais que se conduzem de pé, em curtas deslocações urbanas, a Segway promete continuar a revolucionar o mercado das duas rodas, agora com a apresentação da Apex H2, que poderá ser a primeira moto a hidrogénio do mercado.

O fabricante que integra o catálogo da Ninebot, da gigante chinesa Xiaomi, já está a receber pedidos de reserva para a moto de linhas muito futuristas e capaz de acelerar a 150 km/h, cumprindo a medição de 0 a 100 km/h em 4 segundos.

Com primeiras entregas previstas apenas para meados de 2023, a moto da Segway surgirá equipada com um motor elétrico com 60 kW de potência, alimentado por sistema de fuel cell, com o hidrogénio armazenado numa cápsula cilíndrica, que pode ser transportada pelos motociclistas e trocadas de forma muito fácil, para aumentar a autonomia - a marca anuncia consumo de 1 grama de hidrogénio por quilómetro.

Os preços arrancam nos 9.014 euros.

Para saber mais clique aqui: www.motor24.pt

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de