Se Alemanha excluir a Huawei 5G, a China irá retaliar…nos automóveis

Acaba de subir de tom a polémica em torno das notícias que dão conta de uma clara intenção da Alemanha excluir a Huawei como fornecedora de equipamentos 5G naquele país. A Huawei enfrenta acusações de que os seus equipamentos tenham potencial de espionagem, levando o gabinete de Angela Merkel a tornar públicas as suas preocupações nesta matéria.

Agora, em declarações a Bloomberg, Wu Ken, embaixador chinês na Alemanha, confirmou que a China está preparada para retaliar, não evitando inclusivamente paralelismos com a indústria automóvel. “Poderemos dizer um dia que esses carros da Alemanha não são mais seguros porque estamos numa posição de fabricar os nossos próprios carros”, questionou aquele representante. Só no ano passado, os fabricantes de automóveis alemães venderam para aquele mercado asiático mais de 28 milhões de automóveis…

“Se a Alemanha tomar uma decisão que conduza à exclusão da Huawei do mercado germânico, vão haver consequências”, avisou Wu Ken. “O Governo chinês não vai manter-se quieto”.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de