Opinião

1.000.000.000.000.000.000

Foto: DR
Foto: DR

Sim, também tenho de raciocinar para conseguir decifrar o número acima. Mas será melhor habituarmo-nos pois o futuro próximo será construído em supercomputadores exaescala. Isto é, um sistema computacional capaz de realizar 1.000.000.000.000.000.000 de cálculos em somente um segundo. Um amanhã igualmente dominado pela splinternet: pequenas tribos locais que colocarão progressivamente em questão o conceito de aldeia global. Uma consequência que resulta, sobretudo, da diferenciada regulação que os países estão a adotar quanto ao funcionamento da internet.

Um mundo onde a tradicional hierarquia de organização empresarial será substituída pela wirearquia. Ou seja, um modelo assente nas redes colaborativas, na confiança no outro e na ajuda mútua. Um renovado paradigma em que as 40 horas de trabalho semanais darão lugar a uma múltipla estruturação da relação laboral: a qualquer hora, em qualquer lugar, sobre qualquer circunstância. Desde que seja tomado em conta o imprescindível equilíbrio entre a vida profissional e a vida pessoal. Até porque as novas gerações defendem paralelamente o consumismo consciente.

Na verdade, hoje o verbo acumular perdeu sentido na medida em que alugar, permutar, partilhar, dividir, reciclar e reutilizar são as palavras chave do momento. Uma realidade que altera radicalmente a importância atribuída à remuneração. Atualmente, o propósito, o valor social da função e a contribuição para um planeta mais igualitário, sustentável e justo ganharam a dianteira nessa agora ecológica correlação de forças. Interdependência, essa, em que a descentralização ocupará tal-qualmente um papel central. Isso independentemente das ferramentas de centralização, de controlo de pessoas e de cariz securitário introduzidas pelas tecnologias.

Aliás, a cibersegurança cativará grande parte do investimento das empresas a médio prazo. Pois o destino da economia, do progresso e do desenvolvimento dependerá sempre de sólidos alicerces. Ademais, à computação na nuvem (cloud) seguir-se-á o edge computing: um universo de dispositivos inteligentes ligados pela internet habilitados a realizar análises avançadas. De resto, o qubit (base da computação quântica) imporá os rumos da inteligência artificial, os procedimentos quotidianos e os impactos na sociedade. Uma realidade pautada pelo machine learning que gerará um gigantesco retorno financeiro.

O datascópio que oferecerá respostas para problemas concretos, a voz como ferramenta que assumirá os comandos do dia-a-dia, o 5G que acelerará de forma massiva a transmissão de dados, os equipamentos mais inteligentes que anteciparão necessidades ou a engenharia de software que padronizará soluções são outras das alterações previstas pelo Centro para o Futuro do Trabalho. A unidade de investigação da Cognizant, que levou a cabo, então, um estudo das principais mudanças introduzidas pela tecnologia no mundo laboral, assegura, contudo, a relevância dos humanos. Fundamentalmente, para fomentar uma orientação crítica à tecnologia.

José Pedro Salas Pires, Presidente da ANETIE

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (D), e o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares (E), participam na conferência de imprensa no final de uma reunião, em Loures. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Costa: “Há países que foram colocados em listas vermelhas por retaliação”

João Rendeiro, ex-gestor do BPP

João Rendeiro, ex-presidente do BPP, condenado a pena de prisão

O deputado do Partido Social Democrata (PSD) Ricardo Batista Leite. (RODRIGO ANTUNES/LUSA)

PSD quer transferir reuniões do Infarmed para o parlamento

1.000.000.000.000.000.000