Opinião

Ninguém no UK liga aos Cannes Lions

Cannes Lions
Cannes Lions

Ninguém no UK liga aos Cannes Lions. Ninguém fica até mais tarde para fazer trabalho para prémio. Ninguém faz fantasmas para Cannes. Ninguém partilha daquela excitação parva de ver os vencedores de todas as categorias. Ninguém faz grande alarido quando ganha um – ou vários -, nenhum diretor criativo liga muito, na hora de contratar, se criativo A, B ou C tem X Leões.

Há vários fatores que contribuem para isto. Todos interligados, mas todas razões suficientemente explicativas para o taxativo título desta peça. Desde o facto de que os ingleses estimam bastante o balanço entre vida profissional e pessoal até ao facto de Londres ser, maioritariamente, um mercado de publicidade tradicional (TV e imprensa), tudo se afunila em processos morosos e muito detalhados nos quais a qualidade do craft é imperativa.

Alia-se ao facto de que algumas das principais contas globais se localizarem na capital inglesa e, como tal, as agências têm total controlo da vida da marca para o Reino Unido. Têm a faca e o queijo na mão e, acima de tudo, várias camadas de aprovação que servem como quality control para que campanhas e ideias não saiam para a rua meio cozinhadas, com insights assim-assim ou execuções pobres.
E, invariavelmente, os únicos Leões que o UK ganha vão para as agências tradicionais em Londres, reconhecidas pelos seus trabalhos em film e film craft: AMV BBDO, Adam & Eve DDB, BBH, W+K, Mother. Há exceções, claro, como foram os Grand Prix em Design e PR neste ano, do “nosso” Dalatando Almeida (da AMV BBDO).

Resumindo e baralhando, Portugal tem agora de se focar no básico. Entregar trabalho que seja à prova de bala. Isto é, que esteja protegido e rodeado de insights culturais, de marca, de produto, de comportamentos das pessoas nas plataformas e no dia-a-dia, com boas ideias e boas produções. Que ninguém possa dizer “não entendo isto”, “é fracote”, “já vi antes” ou “podia ter sido feito para qualquer marca”.

EMEA Senior Creative Director da OLIVER Agency

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Créditos ruinosos da Caixa nas mãos do Ministério Público

A330-900 neo

A330 neo. Associação de pilotos quer ouvir especialistas na Holanda

Greve de motoristas de matérias perigosas parou o país, em abril. 
(MÁRIO CRUZ/LUSA

Nova greve dos camionistas dia 12. Pré-aviso já foi entregue

Outros conteúdos GMG
Ninguém no UK liga aos Cannes Lions