Opinião

Opinião. Escrutínio democrático

Vital Moreira
Vital Moreira

Vital Moreira, conhecido como Constitucionalista e professor catedrático de Direito na Universidade de Coimbra, traz-nos uma visão económica das leis

Esta semana trazemos à estampa os artigos de dois novos colunistas do Dinheiro Vivo. Vital Moreira, conhecido como Constitucionalista e professor catedrático de Direito na Universidade de Coimbra, traz-nos uma visão económica das leis; Cristina Fonseca, uma fazedora distinta que criou a Talkdesk, estrela entre as startups portuguesas e com um pé em Silicon Valley. É uma honra contar com mais estes dois grandes nomes que se juntam a muitos outros que todas as semanas partilham com os leitores uma visão apurada da realidade, em diferentes setores. Em prol de um jornal melhor e de uma economia dinâmica, continuamos a procurar melhorar a marca de informação económica Dinheiro Vivo.

A complexidade da realidade obriga-nos a um exercício de escrutínio democrático todos os dias, seja através da opinião seja dos artigos jornalísticos. Nesta edição, estão no alvo temas estruturantes como a macroeconomia pelo olhar de António Pires de Lima, ex-ministro da Economia e atual gestor; o caso Montepio, que reúne a opinião de vários analistas e observadores atentos; a política comercial de Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, e o impacto que poderá vir a ter nas nossas exportações, entre outros assuntos.

Ainda que já esteja fora da agenda mediática, vale a pena recordar as comemorações do Dia Internacional da Mulher, que decorreram nesta quinta-feira. Em pleno século XXI, continuam sem resposta perguntas como: porque ganham mais os homens do que as mulheres para funções iguais, ou por que razão as mulheres não chegam ao topo quando até são a maioria dos licenciados.
Partilho aqui alguns números que devem dar que pensar aos homens e às mulheres.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (C), acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina (D), pelo ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Campos Fernandes (E), após o ato público de assinatura dos contratos para a redução tarifária nos transportes públicos na área metropolitana de Lisboa, na Gare do Oriente, em Lisboa, 18 de março de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

Cinco regiões só terão passes mais baratos em maio

fake-1909821_1920

Fake news. Portugal no top 10 da UE com mais contas bloqueadas pela Google

REUTERS/Rafael Marchante

CTT propõe aumentos até 0,4%. CEO recupera 25% do salário

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Opinião. Escrutínio democrático