Pela abolição do cartão de adepto

Felicito João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e do Desporto, pelo cartão de adepto. Não porque o admire, acho até lamentável, mas por servir de exemplo paradigmático de uma certa alienação de alguns governantes.

O empenho na implementação desta medida e a convicção com que a defende são admiráveis. Imagine-se esta energia em prol de uma boa medida. Creio até que, no seu íntimo, já se julgará merecedor do acrescento de uma rotunda inútil juntando o seu nome à toponímia dum qualquer lugarejo de Portugal.

João Paulo Rebelo convenceu-se de que solucionou um problema e persiste em demonstrar que não entende a violação de princípios fundamentais nesta lei, desde logo a presunção de culpabilidade em - como se não bastasse - atos por acontecer. Muito menos é conhecedor dos padrões comportamentais dos alvos do cartão de adepto, notório ao afirmar que a lei seria mesmo aplicada face ao ajuntamento de certo "tipo de adeptos" noutras zonas dos estádios, algo que nunca alguém, desde que se chame João Paulo Rebelo, poderia imaginar.

Para já temos setores vazios e a constatação de quão gritante é a falta de noção deste governante que, nesta semana, referiu que "todas as observações negativas e críticas até destrutivas vêm de uma minoria de pessoas a quem, de facto, não interessa a implementação do cartão do adepto". Como eu, pelos vistos, e todos os frequentadores dos estádios que conheço ou que oiço e leio versarem sobre o assunto, além de, aparentemente, todos os clubes. Para minoria, não está mal. O secretário de Estado assume-se convicto de que "a esmagadora maioria dos portugueses é a favor deste procedimento", reconhecendo porém "que não sejam entusiastas a expressar a sua opinião".

Que portugueses serão esses, ninguém sabe. Talvez daqueles que pouco ou nada sabem de Desporto, grupo a que João Paulo Rebelo confessou pertencer, num artigo publicado, em março, no jornal A Bola, da autoria do venerável professor Manuel Sérgio.

Gestor e autor

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de