StayAway Tecnologia?

Que atire a primeira pedra quem nunca se esqueceu do telemóvel e voltou atrás. Hoje, ele é a nossa sombra, a nossa voz, a nossa decisão, a nossa proteção, e a nossa ameaça.

É precisamente sobre este todo-poderoso que se tem falado nos últimos dias. Depois do anúncio da (possível) obrigatoriedade de instalação da app StayAway Covid, muitos (se) questionaram sobre a relação entre a tecnologia e os humanos. Alguns a favor, outros contra, uma coisa é certa: ninguém está indiferente à app do momento e muito se tem discutido sobre o impacto da tecnologia na nossa vida.

Se formos analisar um caso bem recente, no Reino Unido, a utilização da NHS COVID-19 (a app "irmã" da StayAway Covid) teve um efeito contrário ao esperado, aumentando os níveis de ansiedade e desconfiança da população. Um erro na aplicação fez com que o nível de exposição ao risco para coabitantes de várias cidades fosse diferente, sem aparente razão. Usando a tecnologia e o mundo digital, a população fez-se ouvir nas redes sociais, descredibilizando o projeto da aplicação. Aí devemos perguntar... Qual a relação entre pessoas e tecnologia?

No livro Technology Vs. Human - Who Is Going To Win?, Gerd Leonhard aborda o lado mais negro da tecnologia, como esta pode roubar a liberdade e identidade individual. Leonhard acredita que não devemos sentir-nos reféns da tecnologia, ou controlados por ela, mas entender o lugar que ela deve ocupar na nossa vida. Como afirma o autor, We should embrace technology, but not become it.

Podemos aplicar o mesmo raciocínio quando olhamos para as organizações. A tecnologia deve permitir que o desempenho seja melhor, de forma mais rápida e ágil. As empresas que colocam as pessoas no centro - enquanto rentabilizam a tecnologia como aceleradora do crescimento - estarão mais bem preparadas para o futuro. Em qualquer domínio, ela deve ser sempre uma ferramenta, que fomenta a conectividade, comunicação, colaboração e cocriação.

E quanto à polémica aplicação, a verdade é que o utilizador pode a qualquer momento desinstalar a StayAway Covid, o que resulta na eliminação imediata de todos os dados processados localmente. Segundo a Direção-Geral da Saúde, todo o sistema será descontinuado quando for declarado em Portugal o fim da epidemia provocada pela covid-19. Será que vale a pena dizer StayAway Tecnologia?

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de