Opinião

Vivam os influencers

redes sociais

Ao terminar o ano, destaco como acontecimento de 2018 o resplandecer do Influencer.

Quantos seguidores tens? Quantos comentários ou likes tiveste no último post? Qual o teu engagement médio?

Estas e outras métricas fazem hoje parte do dia a dia de qualquer gestor de marketing, dos próprios influencers e dos seus managers.

Os influencers mudaram em definitivo a forma como as marcas têm que pensar e estruturar as suas estratégias de marketing, mais concretamente no marketing digital.

As redes sociais reduziram drasticamente as barreiras para comunicar às massas, antes apenas acessível via rádio ou televisão com avultados investimentos de capital. As marcas têm nos influencers um excelente meio de comunicar indirectamente na forma de prescritores, com os potenciais ou actuais clientes, para uma muito fiel e selectiva audiência.

O budget investido em influencers atingiu novo pico este ano, e continuará seguramente o seu crescimento de cerca de 20% em 2019, tal como o número de novos influencers que não deverá também parar de crescer.

Um estudo da MediaKix estima que em 2020 o valor total da indústria do marketing de influência esteja entre os 5 e os 10 mil milhões de dólares.

Actores, modelos, comediantes, desportistas, bloggers, têm milhares de seguidores cada vez mais exigentes e muitas marcas desejosas de aparecer nos seus feeds justificadas quer pela migração das novas gerações da televisão para os ecrãs quer pelos mal-afamados ad-blockers e outros tipos de marketing digitais menos eficientes.

Existirá equilíbrio e relação win-win enquanto os influencers consigam manter os seus seguidores interessados nos seus conteúdos (para além dos treinos em ginásio e fotografias em fato de banho) enquanto (mais ou menos) subtilmente promoverem os produtos das marcas e gerarem leads qualificadas.

O Facebook, Youtube, Snapchat, Instagram, Linkedin… se é utilizador da maior parte destas redes, então provavelmente já terá sido vítima do marketing de influência.

Vivam os influencers que nos animam e embelezam as redes sociais.

Miguel Duarte Fernandes, gestor

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fátima Fonseca , Secretária de Estado da Administração e Emprego Público.

Leonardo Negrão / Global Imagens

Aumentos em serviços sem processos centralizados podem ficar para março

Foto: Jorge Amaral/Global Imagens

Governo: Cabe ao regulador dos seguros avaliar idoneidade de Tomás Correia

( Paulo Spranger / Global Imagens) .

PCP quer saber o que se passa com os precários de seis laboratórios do Estado

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Vivam os influencers