mobilidade

Galp estreia 2 pontos de carregamento rápido para veículos elétricos nos Açores

Ilha Terceira, nos Açores,
(Foto: Dinheiro Vivo)
Ilha Terceira, nos Açores, (Foto: Dinheiro Vivo)

A Galp vai começar a operar, nos próximos meses, pontos de carregamento rápido também nas ilhas de São Miguel, Pico, Faial, São Jorge e Flores.

A Galp inaugurou esta terça-feira os seus dois primeiros pontos de carregamento rápido para veículos elétricos, disponíveis na Ilha Terceirase no arquipélago dos Açores. A cerimónia oficial de inauguração do primeiro ponto de carregamento rápido, localizado na estação de serviço da Galp da Quinta da Maia, contou com a presença de Marta Guerreiro, Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores.

A entrada em funcionamento destes dois pontos de carregamento na Ilha Terceira assinala o arranque da operacionalização de uma rede de pontos de carregamento rápido para veículos elétricos que serão instalados no arquipélago pela empresa EVCE, ao abrigo do concurso aberto pelo Governo Regional dos Açores para a concessão e exploração de uma rede de 26 pontos de carregamento rápido para veículos elétricos em todo o arquipélago dos Açores. Destes, a Galp ganhou 1o postos. postos. O governo lançou um da Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores

O concurso foi desenhado pelo Governo Regional de forma a criar uma rede de pontos de
carregamento em todos os concelhos do arquipélago, com particular foco nas zonas de maior
tráfego automóvel. A proposta da Galp Açores/Galpgest valorizou, por isso, os pontos de
abastecimento rodoviário mais estratégicos da Galp, com melhor localização e mais serviços
disponibilizados aos seus clientes, abrangendo o maior número de ilhas e concelhos possíveis.

Atualmente, a Galp tem em Portugal 18 pontos de carregamento rápido – que representam um terço da rede pública de carregamentos rápidos e já garantem ligação do país de Norte a Sul –, e tem em curso um plano de expansão que reforçará a cobertura nacional.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Lisboa, 22/11/2019 - Money Conference, Governance 2020 – Transparência e Boas Práticas no Olissippo Lapa Palace Hotel.  António Horta Osório, CEO do Lloyds Bank

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Horta Osório: O malparado na banca portuguesa ainda é “muito alto”

Outros conteúdos GMG
Galp estreia 2 pontos de carregamento rápido para veículos elétricos nos Açores