Brexit: Lagarde pede menos incerteza no processo negocial

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, afirmou hoje que é fundamental reduzir a "ansiedade e a incerteza" em torno das negociações entre a União Europeia e Londres sobre o 'Brexit' (saída britânica da UE).

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, afirmou hoje que é fundamental reduzir a “ansiedade e a incerteza” em torno das negociações entre a União Europeia e Londres sobre o ‘Brexit’ (saída britânica da UE).


“O objetivo deveria ser concluir o processo rapidamente de forma a reduzir a ansiedade e a incerteza sobre o futuro de pessoas e empresas”, afirmou Lagarde, em conferência de imprensa no início da Assembleia Anual do FMI e do Banco Mundial, em Washington.


As dúvidas sobre este processo aumentaram depois de o negociador da UE, Michel Barnier, ter anunciado hoje em Bruxelas que não vai recomendar ao Conselho Europeu que se inicie a segunda etapa de negociações, centrada na futura relação com o Reino Unido, por não ter havido processos suficientes na primeira fase negocial.


Lagarde indicou que “não se pode imaginar” que dois anos de negociações terminem sem um acordo e recomendou “maior transparência” no calendário de conversações.


A dirigente do FMI referiu que está a ser “prejudicado o potencial de crescimento” e apontou as previsões mais sombrias para o Reino Unido, o único dos grandes países da UE que não vê revisto em alta o seu crescimento, prevendo-se agora um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 1,7% em 2017 e de 1,5% em 2018.


Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Gustavo Bom / Global Imagens)

Sofia Tenreiro: “Estamos a captar os portugueses que não queremos que fujam”

Fotografia: REUTERS/Dado Ruvic/Illustration

Bitcoins ou libras de ouro? O que é mais fácil trocar?

Mário Centeno. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Fitch dá maior subida de rating de sempre a Portugal e coloca país no grupo da Itália

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Brexit: Lagarde pede menos incerteza no processo negocial