Brexit

Brexit: Quatro dezenas de empresas mudaram-se para a Holanda em 2018

REUTERS/Toby Melville
REUTERS/Toby Melville

Cerca de quatro dezenas de empresas mudaram-se para a Holanda em 2018 por causa da saída do Reino Unido da União Europeia (UE), o que resultará em 1.923 postos de trabalho e 291 milhões de euros em investimentos para o país.

De acordo com um comunicado da Agência de Investimento Estrangeiro na Holanda (NFIA), este valor representa um grande aumento em relação às 18 empresas que se mudaram para a Holanda em 2017.

Por esta razão, a NFIA está em contato com 250 outras empresas estrangeiras que estão a considerar estabelecerem-se no país devido ao ‘Brexit’, segundo a nota em uma declaração.

O Reino Unido deve abandonar a UE no dia 29 de março.

A maioria das empresas interessadas em mudar-se para a Holanda são britânicas, mas também norte-americanas ou asiáticas, que estão a “reconsiderar” a estrutura europeia com a saída do Reino Unido da UE, embora essas empresas também estejam a estudar as possibilidades de estabelecerem-se na Alemanha, França e Irlanda, de acordo com a NFIA.

Entre as empresas que anunciaram a mudança de seus escritórios para a Holanda, devido em parte ao ‘Brexit’, são o banco de investimento japonês Norinchukin e a TVT Media, bem como fornecedores de serviços financeiros MarketAxess e Azimo, referiu o comunicado.

Em 2019, outras empresas, incluindo a Discovery e a Bloomberg, anunciaram a intenção de investir na Holanda pelo mesmo motivo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Créditos ruinosos da Caixa nas mãos do Ministério Público

A330-900 neo

A330 neo. Associação de pilotos quer ouvir especialistas na Holanda

Greve de motoristas de matérias perigosas parou o país, em abril. 
(MÁRIO CRUZ/LUSA

Nova greve dos camionistas dia 12. Pré-aviso já foi entregue

Outros conteúdos GMG
Brexit: Quatro dezenas de empresas mudaram-se para a Holanda em 2018