Sporting

Bruno de Carvalho e chefe da Juve Leo detidos

Fotografia: Filipe Amorim / Global Imagens
Fotografia: Filipe Amorim / Global Imagens

O ex-presidente do Sporting e o líder da Juve Leo foram detidos por suspeita de envolvimento na invasão da Academia de Alcochete, noticia o DN.

O ex-presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi detido este domingo no âmbito da investigação policial à invasão da academia de Alcochete, noticiou o Diário de Notícias.

Também o chefe da claque Juve Leo, Mustafá, foi detido.

As ordens de detenção foram emitidas pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa. A Procuradoria-Geral da República já confirmou as detenções numa nota divulgada hoje à tarde: “Ao abrigo do disposto no art.º 86.º, n.º 13, al. b), do Código de Processo Penal, confirma-se que foram efetuadas duas detenções no âmbito do inquérito relacionado com as agressões na Academia do SCP em Alcochete. Os detidos serão oportunamente presentes ao Juiz de Instrução Criminal para aplicação das medidas de coação.”

Tudo indica que os dois suspeitos deverão ser presentes a juiz para interrogatório esta segunda-feira.

Bruno de Carvalho já era suspeito de envolvimento na invasão da academia, que ocorreu no dia 15 de maio deste ano. Um grupo de dezenas de adeptos agrediu jogadores, treinadores e funcionários do Sporting e causou danos nas instalações.

Nesse dia foram detidos 23 indivíduos e, ao fim de algumas semanas, o número total de detidos atingiu os 38. Os detidos ficaram todos em prisão preventiva, por ordem judicial, devido a fortes suspeitas da prática de crimes de terrorismo, sequestro, ofensas à integridade física, entre outros.

A invasão de Alcochete ocorreu em vésperas da final da Taça de Portugal, que o Sporting perdeu. Bruno de Carvalho acabou por ser afastado da liderança do clube e impedido de se recandidatar.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Novo Banco prevê redução de 1,7 mil milhões de malparado em 2020

Sede do Novo Banco, ex-BES, na Avenida da Liberdade.
(Ângelo Lucasl / Global Imagens )

Novo Banco não afasta que possa vir a pedir mais capital ao Fundo de Resolução

Bruno de Carvalho e chefe da Juve Leo detidos