retalho

Cláudia Azevedo vai ser CEO da Sonae

Cláudia Azevedo deixou no verão a presidência executiva da Sonae Capital para ir liderar a holding Sonae SGPS. Fotografia: Carlos Manuel Martins/Global Imagens
Cláudia Azevedo deixou no verão a presidência executiva da Sonae Capital para ir liderar a holding Sonae SGPS. Fotografia: Carlos Manuel Martins/Global Imagens

Paulo Azevedo e Ângelo Paupério passam a ter funções não-executivas na empresa

O Conselho de Administração da Sonae vai mudar. Cláudia Azevedo será a nova líder do grupo, substituindo o irmão, Paulo Azevedo, e Ângelo Paupério, que partilhavam até agora a presidência executiva.

Em comunicado publicado esta terça-feira na CMVM, a Efanor, principal acionista da Sonae, informa que “na sequência da vontade manifestada pelos Engs. Paulo Azevedo e Eng.º Ângelo Paupério de, após o termo do corrente mandato, passarem o testemunho das funções executivas até agora exercidas no Conselho de Administração da SONAE, este último, no âmbito da sua responsabilidade pela identificação de potenciais candidatos com perfil para o desempenho de funções de administrador, comunicou à EFANOR a sua intenção de fazer eleger para o cargo de Presidente da sua Comissão Executiva, com efeitos a partir do termo do corrente mandato, a Dr.ª Cláudia Azevedo”.

Outra nota assinada pelo Conselho de Administração da Sonae refere que tanto Paulo Azevedo como Ângelo Paupério manifestaram o interesse em abandonar a liderança executiva da empresa no início do mandato.

Sobre Cláudia Azevedo, o comunicado acrescenta que a escolha “recebeu da EFANOR total concordância, uma vez que se adequa de modo particular ao perfil mais recentemente assumido pelo Grupo, culminando uma carreira que, nos últimos anos, se especializou na gestão de portefólios diversificados e na internacionalização dos negócios de participadas”.

Paulo Azevedo e Ângelo Paupério vão manter-se na Sonae, mas em cargos não executivos.

Face às novas funções, a próxima CEO da Sonae renunciou entretanto à presidência da Sonae Capital. Cláudia Azevedo vai ser substituída por Miguel Gil Mata, que era desde 2016 administrador executivo da Sonae Capital. Cláudia Azevedo mantém-se na empresa com funções não-executivas.

Na nota enviada à CMVM, a EFANOR agradece a Paulo Azevedo e Ângelo Paupério “os cerca de 30 anos de exercício de cargos executivos no Grupo Sonae”, destacando que “os seus contributos individuais foram determinantes para o crescimento da importância social e económica do Grupo e permitiram-lhe passar incólume pelas crises económicas e éticas dos últimos anos”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Rodrigo Cabrita/Global Imagens

Idosos com isenção de mais-valias se aplicarem dinheiro em PPR

Cecília Meireles

CDS também quer IRS atualizado à taxa de inflação

Foto: Filipe Amorim/Global Imagens

“A banca não está a ajudar o Sporting na emissão obrigacionista”

Outros conteúdos GMG
Cláudia Azevedo vai ser CEO da Sonae