Startup Porto Accelerator

Dez startups no Demo Day do Startup Porto Accelerator

startups

As dez startups chegam ao Demo Day, do Startup Porto Accelerator, após 12 semanas de aceleração intensiva com mentores nacionais e internacionais.

Dez startups chegaram ao Demo Day, a última fase da segunda edição do Startup Porto Accelerator (SPA), programa desenhado pela ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, em parceria com o INESC TEC. As startups escolhidas foram: Subcultours, Couch MW, GO-ER, EmotAI, iClimate Advisor, Lumer, BeGoodToo, B.Create, Predict Churn e The One Pixel Games. Antes de chegarem a esta última ronda, passaram por 12 semanas de intensa aprendizagem e uma experiência imersiva de cinco dias no ecossistema empreendedor de Londres.

O Demo Day é como um primeiro teste de apresentação pública das empresas e pitch perante uma plateia de potenciais clientes e investidores. Altura em que os empreendedores apresentam os seus modelos de negócio perante uma audiência composta por empreendedores experientes, startups, mentores, investidores e players do ecossistema de empreendedorismo nacional.

Durante a fase de aceleração frequentaram workshops dedicados à inovação, criatividade, gestão de startups e realizaram algumas rondas de pitch preparatórias. A arte do networking, o growthhacking, as práticas essenciais para a captação de financiamento, a criação e consolidação de canais de marketing e vendas, a comunicação via social media, o product roadmapping ou as exigências legais da criação de negócios em Portugal foram algumas das temáticas abordadas nas sessões intensivas de mentoring proporcionadas pelo acelerador.

Para o presidente da ANJE, Adelino Costa Matos, “os dez projetos do Startup Porto Accelerator têm a oportunidade de validação de conceito diferente, expondo os seus produtos e modelos de negócio perante uma plateia que combina público especializado, como mentores, investidores e gestores experientes, com potenciais clientes”.

“O Demo Day é também um momento crucial para avaliar a evolução dos empreendedores desde o início do período de aceleração no Startup Porto Accelerator e percebermos o seu estado de preparação para as dificuldades no mercado. Esta ronda de pitch é decisiva para percebermos o caminho que os projetos terão ainda de trilhar no período de incubação e aceleração de que vão beneficiar ainda nas instalações da ANJE ou do INESC TEC”, acrescenta o presidente da ANJE.

Após o Demo Day, as startups criadas continuam a beneficiar de um período de incubação de seis meses em estruturas da rede de incubação e aceleração da ANJE e do INESC TEC, com todo o apoio logístico e de suporte permanente que estes serviços abrangem.

Os 10 projetos selecionados

Subcultours – plataforma de reservas para experiências com artistas, profissionais das indústrias criativas e empreendedores. Os clientes podem analisar o perfil de cada profissional e selecionar a melhor opção, tendo em conta o preço e a data pretendidos. Desde workshops a concertos, os artistas vão desenhar experiências alinhadas com os interesses dos clientes.

Couch MW – Uma solução que permite recolher conselhos no imediato ou agendar uma consulta via vídeo na plataforma de telemedicina da Couch MW. A Couch MW é uma plataforma que agrega e coloca em contacto psicólogos e cidadãos que precisem dos seus serviços.

GO-ER – plataforma de recomendação social de viagens que permite aos turistas recolherem rapidamente conselhos especializados para as suas viagens futuras. A plataforma permite também encontrar soluções para o financiamento de viagens através da partilha de dicas sobre experiências passadas, inspirando outros turistas.

EmotAI – Este projeto ajuda as pessoas a gerirem as suas emoções de uma forma mais eficiente, monitorizando as suas competências de pensamento crítico, bem como a capacidade de concentração. A EmotAI surge para trazer equilíbrio às nossas vidas.

iClimate Advisor – startup que providencia um novo, confiável, eficaz e avançado mecanismo de previsão meteorológico para os períodos de curto, médio e longo prazo. Baseado em conhecimento, competências e um novo algoritmo, este mecanismo permite aos gestores tomarem melhores decisões para os seus negócios.

Lumer – O isqueiro inteligente recarrega no telemóvel e contempla uma app que monitoriza os hábitos dos fumadores. Sincronizada via Bluetooth, a app fornece notificações aos utilizadores para que estes não percam novamente o seu isqueiro. Contrariamente aos isqueiros a gás, o Lumer é completamente elétrico, facto que o torna resistente ao vento e um objeto permitido nos aeroportos.

BeGoodToo – rede social privada para qualquer pessoa interessada em contactar direta e pessoalmente com mestres budistas e os seus ensinamentos. Através de ebooks, vídeos, fotografias e podcasts, os mestres budistas poderão partilhar a sua sabedoria e contribuir para o financiamento de causas nobres à escala global.

B.Create – plataforma vocacionada para o desenvolvimento de produtos de empresas do setor vinícola. O objetivo da solução é reduzir o tempo e os custos de produção de vinho através da integração de atividades que reforcem a coesão entre as equipas e os stakeholders.

Predict Churn – plataforma de comprehensive analytics que permite antecipar o hipotético cancelamento de serviços de subscrição. A Predict Churn reúne e uniformiza informação através da recolha de conteúdos em diferentes fontes e facilita a compreensão do comportamento dos consumidores. O projeto ajuda os negócios de SaaS a nunca mais perderem os seus clientes.

The One Pixel Games – agência colaborativa que reúne developers de jogos mobile para entregarem jogos de alta qualidade num ambiente de trabalho mais satisfatório e eficiente. Este projeto é uma spinoff da One Pixel e vai criar uma grande rede de trabalhadores para minimizar os efeitos do “doloroso” processo que os developers enfrentam para criar e publicar um jogo.

Sucessos da 1ª edição

A organização não deixa de destacar os casos de sucesso da 1ª edição do Startup Porto Accelerator.
A UXTOPIA e a Framie, foram duas das startups que passaram por todo o processo de seleção e agora são empresas em crescimento.

A UXTOPIA, depois do Startup Porto Accelerator, foi selecionada para integrar o Start-Up Chile, acelerador da América Latina que gere uma carteira de 3000 startups avaliadas em 1,5 biliões de dólares. Surgiu como uma plataforma com o objetivo de conectar empresas e utilizadores, criando oportunidades para que as organizações possam receber insights a custo reduzido sobre os seus produtos e as experiências proporcionadas aos clientes.

Já a Framie, durante o seu período de incubação na ANJE, garantiu uma distinção na Venture Cup Portugal, que valeu uma viagem a Copenhaga para disputar o título de melhor startup universitária do Mundo na University Startup World Cup.Trata-se de uma aplicação que pretende mudar os hábitos de colecionismo, criando uma rede de coleções fotográficas temáticas para as pessoas completarem com os seus registos, baseando-se em marcas de água previamente definidas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Venda de andares

2018 vai trazer novo recorde: serão vendidas 170 mil casas

Fotografia: Orlando Almeida / Global Imagens

Câmaras passam a poder determinar encerramento de alojamento local

Jorge Jordão, presidente da CSP. D.R.

Dívida “esmagadora” limita confiança das empresas

Outros conteúdos GMG
Dez startups no Demo Day do Startup Porto Accelerator