Energia

Encher o depósito para ir de férias fica mais barato: combustíveis descem preços

Combustíveis
Combustíveis

A descida interrompe um ciclo de aumento dos preços há quatro semanas consecutivas no gasóleo e três semanas seguidas na gasolina.

Depois de três semanas seguidas a subir, o preço da gasolina vai descer na próxima semana, mas apenas um cêntimo no preço por litro abastecido nas bombas, de acordo com fontes do setor consultadas pelo Dinheiro Vivo. A gasolina 95 passará a custar 1,511 euros por litro, quando na semana passada estava nos 1,521 euros, de acordo com os dados da Direção Geral de Energia e Geologia.

No gasóleo a descida será de meio cêntimo, de acordo com as mesmas fontes, passando um litro deste combustível a custar 1,341 euros (1,346 euros na semana passada) e ponto fim a quatro semanas seguidas de aumentos nos preços do gasóleo simples.

Quanto aos preços do petróleo, o preço do barril de Brent para entrega em setembro terminou quinta-feira no mercado de futuros de Londres em baixa de 2,59%, para os 61,94 dólares. O crude do mar do Norte, de referência na Europa, concluiu a sessão no International Exchange Futures a cotar 1,65 dólares abaixo dos 63,59 com que encerrou as transações na quarta-feira.

As principais causas apontadas para a descida da cotação do Brent são a subida das reservas de gasolina dos EUA, ao contrário do esperado pelos analistas, e a perspetiva de as plataformas no golfo do México aumentarem a produção depois da passagem de uma tempestade tropical.

Com Lusa

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Pardal Henriques, do SNMMP. 
(MANUEL DE ALMEIDA/LUSA)

Sem acordo “por 50 euros”, diz sindicato. “Querem impor aumento”, acusam patrões

O advogado e porta-voz do sindicato nacional dos motoristas, Pardal Henriques. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Pardal Henriques foi a personalidade mais mediática da greve

Outros conteúdos GMG
Encher o depósito para ir de férias fica mais barato: combustíveis descem preços