Responsabilidade social

Fidelidade dispensa colaboradores no primeiro dia de aulas dos filhos

Fidelidade 2

O apoio à família inclui também prémios de mérito, financiamento aos livros escolares, promoção dos tempos livres, aquisição de seguros da companhia.

No âmbito da sua política de recursos humanos e responsabilidade social, e por altura do início do novo ano letivo, a Fidelidade proporciona a todos os colaboradores, com filhos até aos 10 anos de idade, a dispensa da manhã ou da tarde do primeiro dia de aulas.

O apoio à família inclui também Prémios de Mérito, financiamento aos livros escolares, promoção dos tempos livres, e acesso a um conjunto de vantagens na aquisição de seguros da companhia.

“Na Fidelidade valorizamos muito o bem-estar dos colaboradores e das suas famílias, e nesta altura do ano destaco aqueles com filhos em idade escolar. Trabalhamos continuamente para conseguir a preservação de um correto equilíbrio entre a vida profissional e familiar de cada um dos nossos colaboradores”, explicou em comunicado Joana Queiroz Ribeiro, diretora de pessoas e organização da Fidelidade.

Os prémio de mérito da Fidelidade distinguem filhos de colaboradores que se destaquem nas provas finais do 9º ano e nos exames do 12º ano atribuindo, a alunos com média de 5 no 9º ano, um prémio de mérito de 500€, e a alunos com média igual ou superior a 16 valores (80%), nos exames nacionais do 12º ano, um Prémio de Mérito no valor de 1.000,00€. No seguimento desta medida, só em 2018, a Fidelidade distinguiu 30 filhos de colaboradores com o prémio de mérito.

O financiamento para aquisição de livros escolares é ainda concedido a colaboradores que cumpram os requisitos definidos até ao máximo de 300€ por filho. No último ano letivo, este benefício chegou a cerca de 22 colaboradores, num total de 8.700€.

A Fidelidade atribui ainda um apoio escolar entre 40€ e 110 € por ano a quem tenha filhos em idade escolar até ao ensino superior. Em 2018, o valor atribuído foi de 82.940€ a cerca de 650 colaboradores, para apoio a mais de 950 dependentes.

Cada colaborador da Fidelidade tem ainda direito a sete horas por mês para assistência pessoal por doença familiar ou do próprio, a 14 horas por ano para ausência por motivos particulares e a um subsídio de Lar de 30,40€ por mês e por colaboradores casados ou em união de facto e com filhos a cargo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Novo Banco prevê redução de 1,7 mil milhões de malparado em 2020

Sede do Novo Banco, ex-BES, na Avenida da Liberdade.
(Ângelo Lucasl / Global Imagens )

Novo Banco não afasta que possa vir a pedir mais capital ao Fundo de Resolução

Fidelidade dispensa colaboradores no primeiro dia de aulas dos filhos