cinema

É dia de Óscares: quanto custou e quanto rendeu cada filme até agora

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Está tudo a postos para a 90ª edição da entrega de prémios e o Dinheiro Vivo mostra-lhe quanto custou e quando está a render cada um dos nomeados.

Já falta pouco para aquela que é considerada a cerimónia mais aguardada do cinema de Hollywood. A 90ª edição dos Óscares acontece no dia 04 de março no Dolby Theater, em Los Angeles, e os nomeados já são conhecidos desde o final de janeiro.

“The Sahpe of Water” (A Forma da Água, em português), do realizador Guillermo del Toro, é o líder na edição de 2018 com 13 nomeações. Mas, falando de dólares, está longe de ser o campeão de receitas. Por outro lado, “A Bela e o Montro” (nomeado para melhor guarda-roupa e melhor design de produção) e “Star Wars – The Last Jedi” (nomeado para melhores efeitos visuais e melhor mistura de som) estão no topo da tabela arrecadando, cada um, mais de mil milhões de dólares.

“The Florida Project” (com Willem Dafoe nomeado para melhor ator secundário) e “Chama-me pelo teu nome” (com 05 nomeações) foram as produções com um budget mais pequeno. O primeiro contou com um orçamento de 2 milhões de dólares, tendo já arrecadado mais do dobro deste valor em receitas de bilheteira. Também a trama que conta com Timothée Chalamet como protagonista, nomeado para melhor ator principal, em “Chama-me pelo teu nome”, teve um orçamento pequeno, estipulado em 3,5 milhões de dólares, e já faturou 26 milhões de dólares.

Leia também: E o Óscar vai para… Conheça todos os nomeados

O Dinheiro Vivo reuniu as longas-metragens e as longas-metragens de animação que estão na corrida aos Óscares de 2018. Veja na fotogaleria qual foi o orçamento de cada filme e quanto é que cada um já faturou. Os dados foram obtidos através do portal Box Office Mojo e as receitas dizem respeito ao período total de exibição dos filmes em todo o mundo desde a estreia e até à presente data.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

Angela Merkel e Donald Trump. Fotografia: REUTERS/Kevin Lamarque

FMI corta crescimento da Alemanha, mas Espanha ainda compensa

Outros conteúdos GMG
É dia de Óscares: quanto custou e quanto rendeu cada filme até agora