Tecnologia

Os melhores produtos da Xiaomi que estamos a perder em Portugal

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

O gigante chinês Xiaomi é muito mais do que uma marca de smartphones. Há trotinetes elétricas, aspiradores e, agora, motos e carros.

Existem poucos produtos que envolvam alguma tecnologia que a Xiaomi não produza. A esmagadora maioria ainda não chegou a Portugal, vários não chegaram à Europa e outros há que não saíram ainda na China. Mas na era global dos grandes mercados online, é possível comprar alguns destes produtos em lojas como Alibaba ou Gearbest.

Em que categorias operam? Além dos óbvios smartphones, há tablets, portáteis, fontes de energia, sistemas de áudio, relógios e pulseiras digitais, televisores, câmaras fotográficas, de vídeo; aparelhos inteligentes para a casa (IoT), transporte pessoal sob a forma de vários modelos elétricos de duas rodas, produtos lifestyle como calçado e malas de viagem e acessórios como cartões SD e afins.

É um mundo de possibilidades, aquele que a marca chama de Comunidade Global fornece já 151 milhões de aparelhos inteligentes (IoT) em 70 países diferentes.

Leia também | Não quer gastar muito num smartphone? Estas opções ficam abaixo dos 350 euros

A empresa é recente e tem em Lei Jun, o atual CEO, o seu mentor. Este empreendedor chinês atua com o objetivo de fornecer tecnologia com qualidade que seja barata. Para isso tem uma política de dezenas de parceiros chineses, que acabam por produzir os produtos sob a marca Xiaomi.

Segue então, na fotogaleria acima, uma listagem de vários produtos diferentes da Xiaomi que ainda não chegaram a Portugal.

Leia também | Xiaomi vai lançar o seu primeiro carro. Um SUV de 11.900 euros

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Boom de queixas contra agências imobiliárias

O ex-presidente da Three Gorges e António Mexia, na assinatura da privatização

Quanto renderam em dividendos as empresas vendidas pelo Estado?

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Os melhores produtos da Xiaomi que estamos a perder em Portugal