Galp

Galp. Quinta unidade entra em produção no Brasil

Cidade de Maricá é a quinta unidade de produção da Galp em consórcio com Petrobras e BG Group no Brasil. Fotografia: Petrobras
Cidade de Maricá é a quinta unidade de produção da Galp em consórcio com Petrobras e BG Group no Brasil. Fotografia: Petrobras

Petrolífera quer abrir mais cinco plataformas petrolíferas até 2018

A Galp passa a contar a partir desta terça-feira com a quinta unidade de produção permanente (FPSO) no Brasil. O Cidade de Maricá marca o início da produção comercial da área de Lula Alto, no pré-sal da bacia de Santos, indica a petrolífera em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“A FPSO Cidade de Maricá tem capacidade para processar, diariamente, até 150 mil barris de petróleo e 6 milhões de m3 de gás natural e uma capacidade de armazenamento de 1,6 milhões de barris de petróleo. É esperado que o pico de produção seja atingido durante 2017”, indica a empresa liderada por Carlos Gomes da Silva no documento.

Leia aqui. Marca nacional ganhou nova energia. Agora é mais global

A petrolífera nacional detém uma participação de 10% no consórcio que explora o bloco BM-S-11 no Brasil. Petrobras (65%) e BG Group, que passou a subsidiária da Shell (25%), são os restantes participantes neste consórcio.

A Galp espera abrir mais cinco plataformas petrolíferas até 2018, no âmbito do plano de negócio para o mercado brasileiro. A empresa espera produzir mais de 60 mil barris por dia em 2016.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

Galp. Quinta unidade entra em produção no Brasil