Dinheiro Vivo TV

“Design de interiores não é só escolher tecidos e coisas bonitas”

A carregar player...

A designer de interiores Gracinha Viterbo partilha a sua experiência sobre como ter um negócio bem sucedido nesta área de atividade.

Gracinha Viterbo nasceu e cresceu no universo do design de interiores. Herdou o negócio da mãe, Graça Viterbo, mas a profissão não lhe foi imposta, antes pelo contrário – o mundo da criação de interiores é uma paixão que ainda hoje, passadas duas décadas, lhe alimenta os dias.

Mas gostar não chega para ter um negócio bem sucedido neste setor altamente competitivo. Além de estudar para ganhar as competências técnicas e estéticas necessárias para o desenvolvimento de projetos de design de interiores, é preciso criar procedimentos, cumprir prazos, organizar equipas…

“Não é só escolher tecidos e coisas bonitas” sublinha Gracinha Viterbo, a primeira entrevistada da rubrica O meu negócio é…

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: José Carmo/Global Imagens

ISEG estima queda do PIB entre 8% e 10% este ano

António Mota, fundador da Mota-Engil. Fotografia: D.R.

Mota-Engil é a única portuguesa entre as 100 maiores cotadas do setor

António Rios Amorim, CEO da Corticeira Amorim. Fotografia: Tony Dias/Global Imagens

Lucros da Corticeira Amorim caíram 15,1% para 34,3 milhões no primeiro semestre

“Design de interiores não é só escolher tecidos e coisas bonitas”