Hotelaria

Grupo Pestana investe 51 milhões em Amesterdão e Madrid

José Roquette, administrador do grupo Pestana, antecipa consolidação no setor da hotelaria
José Roquette, administrador do grupo Pestana, antecipa consolidação no setor da hotelaria

Novo Pestana Amsterdam Riverside Hotel & National Monument abre ainda este mês após um investimento de 40 milhões de euros.

O Grupo Pestana vai abrir ainda este mês o Pestana Amsterdam Riverside Hotel & National Monument, um investimento de 40 milhões de euros nesta unidade de cinco estrelas.

“Alcançámos mais uma etapa histórica no Pestana Hotel Group, que mostra o reforço da nossa presença nas principais capitais europeias e a aposta na expansão da marca Pestana Collection Hotels, marca premium do Grupo, além-fronteiras”, salienta José Roquette, Chief Development Officer do Pestana Hotel Group.

A aposta estende-se também a Espanha, onde o grupo ganhou o concurso para transformação do edifício histórico da Casa de La Carniceria no futuro Pestana Plaza Mayor.

Em relação à Holanda, o comunicado divulgado refere que a nova unidade terá 154 quartos, entre os quais se incluem apartamentos com ambientes distintivos “e uma extraordinária suite presidencial”.

Em plena margem do rio Amstel e a poucos minutos a pé do centro da cidade, o edifício do estilo neorrenascentista foi adquirido pelo Pestana Hotel Group em 2014 e foi totalmente renovado.

O comunicado revela ainda que fez uma parcerias “inédita com o reputado chef holandês Peter Lute, que assina a cosmopolita e refinada carta do bar e restaurante do novo membro dos Pestana Collection Hotels”.

No caso de Madrid, o comunicado refere que o projeto de recuperação e transformação da propriedade, cujo concurso foi ganho em 2015 e está a entrar na seua segunda fase, “respeita os valores arquitetónicos do espaço e valoriza um dos ex-libris do centro histórico”.

Com um total de 70 quartos, a nova unidade hoteleira do grupo representou um investimento de 11 milhões de euros.

“A nossa experiência na recuperação de património histórico e a respetiva adaptação destes edifícios à realidade hoteleira faz com tenhamos vindo a consolidar o nosso investimento na marca Collection, cujas unidades representam a transformação de espaços históricos em hotéis excecionais, tornando-os únicos e icónicos. A qualidade e a excelência que a marca Collection traduz fazem com que o Grupo tenha apostado na sua expansão internacional que arranca agora com Amesterdão e Madrid”, afirma José Roquette.

O Pestana Amsterdam Riverside Hotel & National Monument e o Pestana Plaza Mayor juntam-se às 4 unidades Collection do Grupo: o Pestana Palace Lisboa Hotel & National Monument, Pestana Vintage Porto Hotel & World Heritage Site, Pestana Cidadela Cascais Pousada & Art District, Pestana Palácio do Freixo Pousada & National Monument.

 

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Paulo Azevedo, Chairman e Co-CEO da Sonae, e Ângelo Paupério, Co-CEO da Sonae.

(Leonel de Castro / Global Imagens)

Sonae SPGS com lucros de 200 milhões até setembro

Veículos estacionados no porto de Setúbal, durante a greve dos estivadores precários, em Setúbal, 14 de novembro de 2018. Em causa está um diferendo laboral desencadeado por um grupo de estivadores precários e a empresa de trabalho portuário Operestiva, que afeta várias empresas, entre as quais a Autoeuropa. ANDRÉ AREIAS/LUSA

Setúbal: Operestiva disposta a negociar se estivadores voltarem ao trabalho

Primeira-ministra Theresa May, 14 de novembro de 2018. EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Brexit: May consegue apoio do Governo e aprova rascunho do acordo final

Outros conteúdos GMG
Grupo Pestana investe 51 milhões em Amesterdão e Madrid