fazedores

Infraspeak chega a quatro países. Vai gerir manutenção de edifícios em Espanha

Sede da Infraspeak fica na associação Founders Founders, no Porto. Fotografia: DR
Sede da Infraspeak fica na associação Founders Founders, no Porto. Fotografia: DR

Plataforma de gestão de manutenção do Porto abre escritório em Barcelona e conta com apoio de programa local para startups.

Espanha é o novo país que vai contar com os serviços da Infraspeak. Este é o quarto mercado da startup do Porto que conta com uma plataforma de gestão de gestão e manutenção de operações técnicas, depois da presença em Portugal, Reino Unido e Brasil. A aposta da plataforma portuguesa é possível depois da entrada no programa de aceleração Rising Startup Spain, que decorre em Barcelona.
“Barcelona é a cidade escolhida pela startup para iniciar a sua atividade em Espanha, também com o apoio da Barcelona Activa, a organização responsável por impulsionar o desenvolvimento local na cidade, que ajudará a empresa a conseguir uma entrada fluida no mercado”, refere a startup incubada na associação Founders Founders, citada em nota de imprensa.
O programa Rising Startup Spain é organizado pelo ICEX – Instituto Espanhol de Comércio Exterior, que serve para criar as condições necessárias para que startups internacionais cresçam no país, oferecendo às 15 empresas selecionadas espaços de trabalho, um prémio de 10 000 euros para cobrir despesas iniciais, visibilidade nos media e mentoria, entre outros benefícios.
O escritório da Infraspeak em Espanha irá crescer nos próximos meses com a contratação de membros para a equipa de vendas e marketing.
A startup do Porto recebeu em outubro uma ronda de investimento de 1,6 milhões de euros. Nos próximos meses deverá anunciar a entrada no mercado francês e fechar a contratação de mais de 20 pessoas para a equipa.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
António Costa (E) e Charles Michel (D). Fotografia: EPA/JOHN THYS

Costa. Orçamento de Charles Michel é para os “países forretas”

A coordenadora da Frente Comum, Ana Avoila
(TIAGO PETINGA/LUSA)

Governo sobe aumentos extra para dez euros. “Resposta é a luta”.

A companhia portuguesa teve ontem de colocar os viajantes noutros voos. foto: Global Notícias

TAP estuda soluções para passageiros nos voos com Venezuela

Infraspeak chega a quatro países. Vai gerir manutenção de edifícios em Espanha