Internet

A sua internet está lenta? Não é o único: há um problema global

internet lenta nasa terra

Para muitos utilizadores, a internet parece um pouco menos rápida e funcional hoje. A razão? Problemas com serviços de cloud como a AWS e Cloudflare

Ninguém sabe ao certo o que está a causar o problema, mas tanto o serviço de cloud Cloudflare quanto a Amazon Web Services (AWS) estão com problemas nos seus serviços nesta segunda-feira, o que leva a interferências, interrupções e lentidão em alguns dos maiores sites e serviços da internet a nível mundial.

Para quem não conhece, estes dois serviços de cloud albergam grande parte dos sites e serviços que são usados online e problemas neles implica problemas para as plataformas que os usam de uma forma ou de outra.

A Cloudfare indica que a situação pode estar relacionada com uma interferência externa à empresa, enquanto a Amazon sugere que se trata de um problema de “redes externas”, admitindo que, assim, será mais difícil à empresa deixar tudo resolvido.

O que foi afetado? Para já é certo que serviços de e-mail como o Gmail estiveram com problemas, bem como a plataforma de streaming Crunchyroll esteve mesmo offline. Mas há um sem número de sites afetados e houve mesmo relatos de falha no acesso a serviços de segurança da Amazon e da Nest, pelo menos em grande parte da América do Norte (e nos sites que estão lá alojados).

O problema demonstra como um grande número de sites estão dependentes e usam os serviços de computação da cloud da Google, AWS ou Cloudflare. O que significa que quando há um problema nesses serviços, toda a internet fica limitada.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lisboa casas turismo salarios portugal

Taxa de juro do crédito à habitação cai para 1%

Lisboa, 18/02/2020 - Plenário da Assembleia da República - Debate quinzenal com o primeiro ministro.
Primeiro Ministro António Costa com os restantes ministros que compõem o governo.
Jerónimo de Sousa - PCP
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Jerónimo avisa Costa que “sem aumentos salariais” os “problemas vão aumentar”

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (C), acompanhado pelo ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno e pelo presidente da CP, Nuno Freitas (E), na assinatura do contrato de serviço público entre o Estado e a CP, na Estação do Rossio, em Lisboa, 28 de novembro de 2019. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

CP escapa a multas por atraso no contrato de serviço público

A sua internet está lenta? Não é o único: há um problema global