Joalharia portuguesa com maior representação de sempre em feira em Munique

A joalharia portuguesa vai ter a maior representação de sempre na Alemanha, na edição deste ano da feira de joalharia Inhorgenta Munique, com 15 marcas de autor assinadas por jovens talentos, anunciou hoje a associação do setor.

A joalharia portuguesa vai ter a maior representação de sempre na Alemanha, na edição deste ano da feira de joalharia Inhorgenta Munique, com 15 marcas de autor assinadas por jovens talentos, anunciou hoje a associação do setor.


Depois do sucesso em Tóquio, a Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal (AORP) voltou a aliar-se à Rota da Filigrana de Gondomar para “promover demonstrações ao vivo” de filigrana portuguesa neste evento, refere em comunicado.


“No total serão 15 marcas nacionais em exposição na maior feira de joalharia da Alemanha, a Inhorgenta Munique, de 16 a 19 de fevereiro”, destacando-se ainda “a forte presença” de marcas de autor assinadas por jovens talentos da joalharia nacional.


No espaço “Portuguese Jewellery — Shaped with Love”, promovido pela AORP, estarão presentes seis jovens talentos da joalharia contemporânea portuguesa: Ana Bragança, Ana João, Barbara Goyri, Diogo Dalloz, Inês Rio e Mater Jewellery Tales.


A comitiva completa-se com Astorga Jewels, Cecília Ribeiro, Galeiras, Gofrey, Inês Telles, Liliana Guerreiro, Margarida Reduto, Nevacril e Sara Sousa Pinto.


Liliana Guerreiro regressa depois de, no ano passado, ter sido distinguida com o prémio de “Melhor Peça de Joalharia”, na primeira edição dos Inhorgenta Awards.


Fátima Santos, secretária-geral da AORP, afirma, citada em comunicado, que a Alemanha é “um mercado com tradição em joalharia, onde estão baseadas algumas das maiores e mais importantes marcas da Europa, [e] é conhecida por ser muito aberta à entrada de novas marcas”.


No último ano, as importações de joias registaram um aumento de 13% e a tendência é para aumentar, daí que, para a dirigente da AORP, a Alemanha seja “um mercado estratégico no mapa de internacionalização [da joalharia portuguesa de autor]”.


“Consideramos [ainda] que há muito potencial para as marcas portuguesas que são valorizadas pela manufatura e pelo ‘design’”, salientou também Fátima Santos.


A Inhorgenta Munique apresenta-se como uma das maiores e mais internacionais feiras de joalharia da Europa.


Em 2017 reuniu 987 expositores de 40 países e registou a visita de mais de 27.500 profissionais provenientes de 70 países.


Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: JOAO RELVAS / LUSA

Desemprego registado volta a crescer em agosto, supera 409 mil inscrições

ensino escola formação

Estes são os empregos e as competências mais procuradas em Portugal

Manuel Heitor, ministro do Ensino Superior.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Alunos vão pagar até 285 euros para ficar em hotéis e alojamento local

Joalharia portuguesa com maior representação de sempre em feira em Munique