Coronavírus

Laboratório de Tondela produzirá oito a 24 mil ‘kits’ de testes diários

Uma mulher (paciente) é testada no centro de testes ao Covid-19, da Fundação Champalimaud, em Lisboa
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)
Uma mulher (paciente) é testada no centro de testes ao Covid-19, da Fundação Champalimaud, em Lisboa (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

A ALS Controlvet em Tondela inaugurou hoje um laboratório único no país que produzirá, “no mínimo, oito mil ‘kits’ por dia” para realização de testes, num investimento superior a um milhão que dará autonomia a Portugal e ainda exportar.

“Vamos produzir os componentes dos ‘kits’ de deteção do coronavírus, vamos montar os ‘kits’ de proteção e também realizaremos a testagem, portanto, temos o ciclo completo e, na Europa, existem apenas duas empresas e nós somos a terceira”, anunciou o diretor geral da ALS Controlvet.

“Não voltaremos a ter os problemas do passado, de escassez ou de falta de produto em que temos de comprar a preços muito elevados (…) Com um turno, no pior cenário, mais conservador e de menor eficiência, em oito horas produzimos oito mil testes”, afirmou João Cotta.

No caso de haver necessidade, acrescentou, “multiplicam-se para três turnos o que dá uma capacidade diária de 24 mil testes” e, tratando-se de um laboratório que pertence a uma multinacional “que está em 70 países, obviamente há um mercado de exportação automático”.

“Da mesma forma que durante a pandemia ficámos mais limitados, porque as grandes empresas desviaram para países mais poderosos os componentes, nós iremos fazer ao contrário. Iremos reter em Portugal o que Portugal precisar e o resto exportaremos”, afirmou.

Os primeiros kits começam a ser produzidos “na segunda metade de agosto”, disse João Cota, que explicou que, depois de ultrapassadas as várias etapas de licenciamentos, “e correndo bem, o objetivo é estar em condições de introduzir no mercado em outubro”.

O investimento é superior a um milhão de euros, com uma comparticipação de fundos europeus em 95%, “porque foi um projeto que se concretizou em dois meses”, explicou João Cotta.

Portugal regista hoje mais oito mortes e 204 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quinta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS).

De acordo com o relatório da situação epidemiológica da DGS, desde o início da pandemia até hoje registaram-se 51.072 casos de infeção confirmados e 1.735 mortes.

A região de Lisboa e Vale do Tejo, onde continua a haver mais surtos ativos de covid-19, totaliza hoje 26.067 casos, mais 128 do que na véspera.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: EPA/PATRICK SEEGER

Bruxelas dá luz verde a Banco Português de Fomento

Exemplo de ouro numa loja de câmbio em Klaaswaal, Países Baixos. (EPA/ROBIN VAN LONKHUIJSEN)

Ouro atinge recorde e excede os 2 mil dólares

Centenas de turistas visitam todos os dias os jardins do Palácio de Cristal, no Porto. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

FMI: Portugal com perdas acima de 2% do PIB devido à quebra no turismo

Laboratório de Tondela produzirá oito a 24 mil ‘kits’ de testes diários