Portugal 2020

Portugal 2020: Novos concursos asseguram investimento de 1,3 mil milhões

Foto: ANDRÉ KOSTERS/LUSA
Foto: ANDRÉ KOSTERS/LUSA

As áreas privilegiadas dos novos concursos são: inovação produtiva, empreendedorismo qualificado, internacionalização e qualificação de PME.

O Governo acaba de lançar novos concursos dos sistemas de incentivos ao investimento empresarial com apoios comunitários de 602 milhões de euros e que permitirão o apoio a 1,3 mil milhões de euros de investimento.

Segundo um comunicado do gabinete do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, cerca de 75% das dotações colocadas a concurso destinam-se a Pequenas e Médias Empresas (PME), com destaque para os avisos especificamente destinados a territórios de baixa densidade, com uma dotação de perto de 130 milhões de euros.

As áreas privilegiadas são as de inovação produtiva, do empreendedorismo qualificado, da internacionalização e qualificação de PME e do regime contratual. Na área da inovação produtiva destaca-se o investimento produtivo em atividades inovadoras e qualificadas que contribuam para a sua progressão na cadeia de valor, enquanto na área do empreendedorismo qualificado o enfoque recai sobre a criação de empresas em domínios criativos e inovadores e em setores de alta e média-alta tecnologia.

Visa também o reforço da capacitação empresarial de PME para a internacionalização e para a inovação e no que diz respeito ao regime contratual incide sobre os projetos estruturantes que contribuam para o desenvolvimento, diversificação e internacionalização da economia portuguesa.

A abertura destes concursos garante a continuidade da dinâmica de apoio do Portugal 2020 às empresas, com dotações similares às fixadas nos últimos concursos abertos em junho e julho de 2016, refere a nota. A informação sobre os novos concursos já está nas plataformas eletrónicas do Portugal 2020.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dívida pública está nos 130,3%

Endividamento da economia atinge novo recorde em abril

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José Vieira da Silva, fala perante a Comissão de Trabalho e Segurança Social, na Assembleia da República, em Lisboa, 26 de junho de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA

Mais 93 mil novas pensões atribuídas até julho

Zeinal Bava, ex-PT e Oi

Zeinal Bava faz promessa: “Chegou o momento de esclarecer tudo”

Outros conteúdos GMG
Portugal 2020: Novos concursos asseguram investimento de 1,3 mil milhões