Função Pública

Precários: Fesap quer campanha nacional de divulgação do programa

A Fesap quer que haja uma campanha de divulgação do programa de integração dos precários da função pública.

O prazo para os trabalhadores da administração pública a recebo verde ou a contrato enviarem o seu requerimento a pedir para que a sua situação precária seja analisada decorre de 11 de maio a 30 de junho. Para a Federação dos Sindicatos da Função Pública (Fesap), liderada por José Abraão, este processo deve ser acompanhado de uma ampla campanha de divulgação nacional.

O objetivo desta campanha e assegurar que todos os trabalhadores potencialmente abrangidos este programa de integração dos precários “possam conhece-lo e apresentar, em tempo útil dos seus requerimentos”, refere a Fesap em comunicado.

A portaria que define os prazos para a apresentação e posterior avaliação dos requerimentos abrange os trabalhadores da administração central, direta e indireta, e os do sector empresarial do Estado, deixando de fora os das autarquias.

Perante esta solução, a Fesap apela a que um processo semelhante de regularização de trabalhadores de vínculos precários se inicie o mais rapidamente possível, sendo que existe atualmente a garantia do governo que de até 31 de outubro o levantamento das situações ao nível das autarquias esteja concluído.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O ministro das Finanças, Mário Centeno (E), entrega a proposta de Orçamento de Estado para 2019 ao presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues (R), no parlamento, Lisboa, 15 de outubro de 2018.  MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Em direto: As principais linhas do Orçamento do Estado para 2019

Rosalia Amorim

Opinião OE2019. “Mais cedo ou mais tarde chegará”

Outros conteúdos GMG
Precários: Fesap quer campanha nacional de divulgação do programa